No SBT, o apresentador anuncia o programa "The Noite" e fala sobre a polêmica troca de emissoras

Após uma troca conturbada de emissora, Danilo Gentili participou da coletiva de imprensa de sua nova casa, o SBT, nesta terça-feira (18), em São Paulo, anunciar seu  programa "The Noite", que estreia em 10 de março.

Curta a fanpage do iG Gente no Facebook e receba notícias dos famosos

O apresentador aproveitou a ocasião para comentar sobre os possíveis processos que a Band, sua antiga emissora, estaria movendo contra ele: um por multa rescisória e o outro para que a nova atração de Gentili não seja semelhante ao "Agora é Tarde", formato criado por ele. "Li algumas notícias que estão querendo me processar. Em qualquer lugar do mundo, quando você cria um programa e consolida ele numa grade, você merece ganhar royalties e não processo. 'Vamos processar porque ele criou um programa e estamos usando agora'", ironizou. "Mas a gente está aqui trabalhando. A equipe toda que criou o 'Agora é Tarde' está aqui", completou Gentili, que fechou contrato de dois anos no canal de Silvio Santos

Quando cria um programa e o consolida, merece ganhar royalties e não processo", sobre a Band

Segundo ele, um dos motivos para a troca de emissora foi a falta de investimento da Band em sua atração. "Quis fazer um upgrade da nossa própria criação. Acabou ficando um pouco difícil na Band porque eles estavam demitindo muita gente dos bastidores, diminuindo salários e eles iam tirar um dia o nosso (programa) de exibição. Nesse exato ponto chegou o SBT para me fazer uma proposta e decidi que era o momento de apostar e de mudar", explicou. Gentili ainda ironizou a mudança. "A equipe que fez isso acontecer, que criou o 'Agora É Tarde', está aqui. O que vocês gostaram na outra emissora vai ser feito aqui. O 'Agora É Tarde' está sendo feito mil vezes melhorado aqui."

O apresentador ainda credita o sucesso do programa na Band e aposta na manutenção dele graças à amizade nos bastidores. "Não somos um programa biônico. Aqui não é um casting formado, é um programa de amigos."

Marcelo Mansfield era um dos mais empolgados para vir"

Um dos desfalques da atração foi  Marcelo Mansfield . O apresentador conseguiu levar toda a equipe junto, mas o humorista continuou na Band. "Todo mundo achava que ele viria. Sempre tive um acordo que só teria mudança se todo mundo quisesse. Um dia antes de a gente decidir, teve uma reunião e o Marcelo Mainsfield era um dos mais empolgados para vir", contou. "Aos 46 do segundo tempo ele pulou fora e a gente lamenta porque era muito legal trabalhar com ele. Foi uma surpresa", completou ele, que garante que a amizade continua.

Gentili ainda comentou sobre o fato de Rafinha Bastos , seu sócio no Comedians - espaço de stand-up comedy em São Paulo -, ter assumido o posto do "Agora é Tarde". "Não passei o bastão para ele, passaram. Mas desejo sorte. Ainda não falei com ele porque não tive férias", justificou. "Parei cinco dias nesse tempo de troca e estamos trabalhando duro. Nesse último tempo só tenho falado com a minha mãe e com as pessoas que têm trabalhado comigo. Na verdade, minha vida pessoal tem se resumido a isso."

Não passei o bastão para ele (Rafinha Bastos), passaram"

Sem papas na língua, Danilo Gentili acredita que não vai ter problemas na nova emissora devido a seu comportamento. "Acho que vou ter até um pouco mais de liberdade. O Silvio Santos faz piadas com marcas, perde as calças no ar. O dono da emissora perde as calças no ar e não pede para tirar", avaliou.

Gentili:
Francisco Cepeda/AgNews
Gentili: "Tive um upgrade de salário, mas não chega nem perto dos R$ 400 mil, R$ 700 mil"

Segundo ele, a emissora ofereceu mais do que a liberdade. "Quando veio o convite apareceu uma série de vantagens, enquanto na antiga emissora que a gente criou o programa estava vindo uma série de restrições."

O apresentador falou por cima sobre o aumento de salário, mas despitou sobre o valor. "Tive um upgrade de salário, mas não chega nem perto dos R$ 400 mil, R$ 700 mil que estavam falando, mas posso garantir que meu salário está sendo pago em barras de ouro, que vale muito mais do que dinheiro", brincou.

Apesar de ser uma das apostas do SBT para 2014, Danilo Gentili ainda não encontrou o dono e mais: não acredita que vai conseguir levá-lo ao seu talk show. "Ainda não encontrei o Silvio. No dia em que assinei, ele viajou e ainda está viajando. Acho que não vou conseguir entrevistá-lo", pondera. "O Silvio Santos é assim: se ele quiser, se eu tiver a sorte dele querer vir, ele vem. Mas isso parte dele."


Silvio Santos e Faustão são mais ousados do que os apresentadores novos"

Mesmo sendo um apresentador novo, Gentili admite que os com mais tempo na telinha são menos engessados do que as promessas que aparecem na praça. "Hoje em dia, para mim, a velha guarda é a melhor coisa que existe. Se você pegar o Silvio Santos e o Faustão, eles são muito mais ousados do que os apresentadores novos que aparecem", avaliou.

"Acho que é a primeira vez na história da humanidade que os jovens estão chatos e os velhos estão mais legais do que os jovens. Não sei exatamente em que ponto aconteceu isso, mas hoje os jovens estão chatos para caramba e os velhos é que estão legais e ousados. Os novos são muito coxinhas, não querem desagradar ninguém", comentou. Segundo ele, os apresentadores novos talvez sintam medo de expressar a opinião. "Não sei se existe uma pressão moral, não sei se existe um novo código carola, uma nova cartilha de coisas que não podem ser feitas e as pessoas ficam com medo de desrespeitar essa cartilha. Com certeza tem isso da patrulha do politicamente correto. Os velhos são mais divertidos."

Gentili garantiu que não sofre desse medo. "Já falei muitas vezes o que penso, já deu muito problema e cheguei até aqui. Vamos ver até onde vai dar. Certamente estou respirando muita liberdade no bastidor. Mas também, ainda não falei nenhuma besteira (risos)".


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.