Tamanho do texto

Há dez anos na emissora paulista, atriz está escalada na próxima novela bíblica: "Primeira vilã oficial"

Maytê Piragibe foi a convidada desta quarta-feira (17) no "Morning Show", da rádio Jovem Pan. Durante o programa, a atriz falou sobre a sua carreira na TV e confessou ser alvo de piadas entre os colegas de profissão por trabalhar na Rede Record.

Ex-Globo, Maytê Piragibe desabafa:
Divulgação
Ex-Globo, Maytê Piragibe desabafa: "Sofro bullying porque estou na Record"

"Há dez anos que sofro bullying porque sou da Record. Com o sucesso de 'Os Dez Mandamentos', com as contratações que a emissora tem feito, agora está mudando. Mas as pessoas viram para mim e falam que eu estou na Record porque não tenho opção, me questionam porque não volto para a Globo, mas eu estou na Record porque eu adoro a emissora! Sabe, tem um mundo aí fora", desabafou.

Maytê disse ainda que foi também muito feliz na Rede Globo e explicou por que escolheu permanecer na emissora de Edir Macedo . "A Record me trouxe estabilidade e desafios e o ator almeja isso. A gente quer isso independente de empresa." Ao comentar sobre seu trabalho em "Os Mutantes", a atriz foi categórica: "Não tinha como não rir quando falava 'corta!'. Foi uma novela muito criticada, né? Mas a verdade é que tem que entender para quem você está falando e era uma novela infanto juvenil. E era o maior barato!".

Escalada para "A Terra Prometida", próxima novela bíblica da Record, Maytê adianta como será sua personagem. "Vou fazer a Jéssica agora, minha primeira vilã oficial. Fiz participação no primeiro capítulo de ‘Pecado Mortal’ como vilã e foi meio que um teste ‘vamos ver se essa pequenininha aguenta’. E deu certo!", disse.

Relembre outros traidores da Globo:



    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.