Paula Braun
Reprodução/Instagram
Paula Braun


Paula Braun, que é casada com Mateus Solano e está confirmada no elenco de "Cara e Coragem", próxima trama das sete da Globo,  foi às redes sociais dar a sua opinião sobre o caso de Givaldo Alves, de 48 anos, agredido pelo personal trainer Eduardo Alves após ser flagrado tendo relações sexuais com a mulher dele. 

"Esse vídeo do  mendigo descrevendo o sexo é uma exposição violenta e perversa da mulher, tanto do  canal que decidiu expor quanto de quem compartilha, que eu não entendo mesmo por que vocês fazem isso. A gente já passou os patamares morais de 'Black Mirror' faz um tempo", disse a  atriz, fazendo referência à série de TV escrita por Charlie Brooker. 





Leia Também


Depois, com a interação dos usuários do microblog,  ela explicou que o seu descontentamento não é sobre o homem ou sobre o ato, mas, sim, sobre a exposição, que "é super ok, quando a pessoa consente". "Não é moralismo, é ética. Do resto, é suco de machismo. Bah, cansativo. Vou silenciar aqui porque para mim já deu". Por último, escreveu: "Internet 2022, o inferno". 






    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários