Dilsinho Mad Max foi o primeiro a desistir do
Reprodução/Instagram
Dilsinho Mad Max foi o primeiro a desistir do "BBB"

Mesmo vinte anos depois de ter participado do "Big Brother Brasil", Dilsinho Mad Max ainda é reconhecido nas ruas. Não por ter vencido. Mas por ter sido o primeiro a desistir do programa . Ele foi um dos selecionados para o "BBB 3". Na época, muito se falou dos motivos que levaram o lutador de MMA a entrar no confessionário e cair fora. Um deles foi a paixão de altos e baixos que viveu com a miss Joseane Oliveira.

Entre  no canal do iG Gente no Telegram e fique por dentro das principais notícias dos famosos e da TV

"Nada disso. Me chamaram de covarde e desertor. Nunca foi por causa da Jose, que é uma pessoa incrível. Eu nunca falei sobre isso, mas saí para proteger a minha mãe, que vivia uma crise no casamento com meu pai, que, infelizmente, a maltratava demais", revela ele.

Hoje, aos 46 anos, Dilsinho afirma que não se arrepende de ter escolhido sair do programa. Naquela edição ainda não havia o botão da desistência, como o que Tiago Abravanel apertou no último domingo, 27 . O tatuador não esconde certa mágoa com as notícias veiculadas sobre sua desistência.

Leia Também

"Disseram que eu era um desertor. Desertor é o cara que foge à luta. Mas a minha luta era estar perto da minha mãe, a Dona Neguinha. E ela vale mais do que qualquer prêmio", diz, ao mencionar a mãe, Elizeth, com quem vive até hoje.

Dilsinho diz que no dia em que saiu, havia acordado ouvindo a mãe chamá-lo. "Me desesperei. Entrei no confessionário e pedi para falar com nosso psicólogo. Só que me disseram que ele estava viajando. E não foi esse o combinado. Pedi apenas que me dissessem que minha mãe estava bem, mas informaram que não havia como eu ter notícias de fora. Aí pedi para sair", dá sua versão.

Hoje tatuador, Dilsinho continua morando em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, não se casou nem teve filhos. A fama, ele diz, teve seus momentos bons também, com as presenças vip e coisas do gênero. Mas o ônus, ele avalia, foram maiores. "Em 2006 fui morar na Espanha para fugir de tudo isso, assimilar as coisas, ficar anônimo", explica.

Assim como não se arrepende de ter saído, Dilsinho Mad Max pensa o mesmo de ter entrado, depois que enviou um vídeo para se inscrever no reality. "Fiquei dez dias no hotel e mais 20 na casa. Foi incrível. Eu quis entrar ali para mostrar o que o programa quer dizer, O Grande Irmão. Hoje vence o jogador. Mas eu queria compartilhar minhas raízes interioranas, meus valores, mostrar que quem vence ali tem que ter integridade", enumera ele, que atualmente encararia ser um brother de novo: "Com mais maturidade e vivência. Assisto ao programa, acho um formato incrível e, claro, que aceitaria participar para as pessoas conhecerem quem é o Dilsinho de verdade".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários