Professor Raymundo, Painho, Bozó, Haroldo, Salomé, Bento Carneiro... vários se tornaram inesquecíveis

Chico Anysio , que morreu aos 80 anos nesta sexta-feira (23), criou mais de 200 personagens. Desde o popular Professor Raymundo, que proporcionou risos na televisão e no rádio por quase 50 anos, são muitos os que permaneceram na memória, como o galã Alberto Roberto, o malandro Azambuja, o machista Nazareno, entre outros tantos.

LINHA DO TEMPO: VEJA A TRAJETÓRIA DE CHICO ANYSIO

Cada um dos 209 personagens interpretados por Chico Anysio possui personalidade, aparência e trejeitos próprios. Alguns têm frases inesquecíveis, que fazem parte da história do humor brasileiro.

Haroldo, o hétero, o jogador de futebol Coalhada e o aspirante a repórter Bozó – “Eu trabalho na Globo!” – também marcaram época.

Dentre tantas criaturas, o favorito dele foi o Professor Raymundo.O personagem migrou com sucesso da rádio para a televisão e se tornou o mais popular da carreira do humorista.

Relembre os personagens mais marcantes e seus bordões:

Chico Anysio como Alberto Roberto, entre Lúcio Mauro e Carmo Dalla Vecchia
TV Globo
Chico Anysio como Alberto Roberto, entre Lúcio Mauro e Carmo Dalla Vecchia
Alberto Roberto – ator canastrão, tem um jeito peculiar de falar, e acha que é o astro mais famoso do Brasil. Bordão: “Não garavo!”

Bento Carneiro, o vampiro brasileiro
TV Globo
Bento Carneiro, o vampiro brasileiro

Bento Carneiro, o vampiro brasileiro – vampiro decadente, tenta sempre morder alguém, sem sucesso. Bordão: “Minha vingança será maligna!”

Justo Veríssimo, o político corrupto
TV Globo
Justo Veríssimo, o político corrupto

Justo Veríssimo – deputado corrupto, sempre envolvido em negociatas, despreza a miséria. Bordão: “Quero que pobre se exploda!”

Nazareno, o marido machista
TV Globo
Nazareno, o marido machista

Nazareno – machista, casado com uma mulher feia, fica paquerando a empregada doméstica da casa – que na década de 80 foi interpretada por Monique Evans. Cada vez que a esposa tenta protestar, Nazareno solta seu bordão: “Ca-la-da!”

Painho, o pai de santo gay
TV Globo
Painho, o pai de santo gay

Painho – pai de santo homossexual, vive cercado de ajudantes baianas. Tinha dois bordões: “Sou louco por essa neguinha!” e “Affe!”

Salomé, a gaúcha amiga dos presidentes
TV Globo
Salomé, a gaúcha amiga dos presidentes

Salomé – senhora gaúcha que vive falando no telefone com o presidente da república. Bordão: “Barbaridade!”

Como Professor Raymundo, sua mais famosa criação
Reprodução
Como Professor Raymundo, sua mais famosa criação

Professor Raymundo – um “velhote” que tenta ensinar em meio a uma classe repleta de alunos bizarros. Bordão: “E o salário, ó...”



Confira na galeria outros personagens marcantes de Chico Anysio:

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.