Tamanho do texto

A virada da década está chegando e o IG Gente fez uma lista das dez tramas que mais caíram no gosto do público e que encantaram os telespectadores

A virada da década já está batendo à nossa porta e existem muitas coisas para relembrarmos, principalmente quando o assunto é novelas! Várias tramas passaram pelos horários nobres da televisão brasileira e caíram no gosto do público. 

Leia também: Entenda a trama e personagens de "Amor de Mãe", próxima novela das 21h da Globo

Cena da novela arrow-options
Divulgação/TV Globo
Cena da novela "Cheias de Charme"


Pensando nisso, o iG Gente selecionou as novelas que mais marcaram a vida dos telespectadores nos últimos dez anos e que, de alguma forma, deram o que falar nas telinhas da Globo . Olha só!

  • Caminho das Índias
Raj (Rodrigo Lombardi) e Maya (Juliana Paes arrow-options
TV Globo/Thiago Prado Neris
Raj (Rodrigo Lombardi) e Maya (Juliana Paes


Exibida em 2009, "Caminho das Índias" rapidamente conquistou o público brasileiro com um dos elementos que a gente mais gosta: histórias de amor proibido e, claro, muito drama. Maya (Juliana Paes), apaixonada por Bahuan (Marcio Garcia), se vê obrigada a casar com Raj (Rodrigo Lombardi), para que a família não descubra o seu romance com o dalit, considerado um intocável pelas famílias tradicionais indianas.

Então, já casada com Raj e crente que o ex não quer mais saber dela, a moça descobre estar grávida de Bahuan e mente para toda a família, inclusive a do marido, dizendo que o filho é do empresário.

  • Avenida Brasil
Nina (Débora Falabella) e Carminha (Adriana Esteves) arrow-options
Reprodução/ Rede Globo
Nina/Rita (Débora Falabella) e Carminha (Adriana Esteves)


No ar pelo "Vale a Pena Ver de Novo", uma das novelas mais emblemáticas dos últimos anos foi exibida originalmente em 2012. "Avenida Brasil" contou com a excelente performance de Débora Falabella e Adriana Esteves como as rivais Rita/Nina e Carminha.

No folhetim de João Emanuel Carneiro, Rita é abandonada em um lixão pela madrasta, depois da morte de seu pai, Genésio (Tony Ramos). Então, ela é adotada por um casal argentino e cresce com sede de vingança. Ao voltar para o Brasil, ela consegue um emprego de cozinheira na casa da inimiga e dá início a seus planos contra ela.

Leia também: "Amor de Mãe" vai ser a melhor novela da próxima década?

  • Tititi
Ti-Ti-Ti arrow-options
TV Globo/Renato Rocha Miranda
Ti-Ti-Ti


O remake da versões de "Plumas e Paetês", de 1980, e da própria "Ti-Ti-Ti", de 1985, foi exibido em 2010 com um elenco para lá de especial. A trama, inclusive, contava a história de Jacques Leclair e Victor Valentim, dois costureiros rivais e que se envolviam nas mais engraçadas situações.

A novela também desenvolveu a trama de Marcela, interpretada por Ísis Valverde, que vai morar em São Paulo grávida e conhece Edgar (Caio Castro), por quem se apaixona perdidamente.

  • Lado a Lado
Isabel (Camila Pitanga) e Laura (Marjorie Estiano) arrow-options
TV Globo
Isabel (Camila Pitanga) e Laura (Marjorie Estiano)


"Lado a Lado", de 2013, girou em tornou da forte e sólida amizade de Laura (Marjorie Estiano) e Isabel (Camila Pitanga), duas mulheres à frente de seu tempo e de classes sociais completamente diferentes, que lutam por seus respectivos amores, desejos e independência.

A novela abordou a afirmação dos negros e de sua cultura no Brasil, logo depois do fim da escravidão, em 1888. Os acontecimentos históricos, como a Revolta da Vacina e a Revolta da Chibata, por exemplo, serviram como pano de fundo para os conflitos vividos pelos personagens.

  • Cordel Encantado
Jesuíno (Cauã Reymond) e Açucena (Bianca Bin) arrow-options
TV Globo/Rafael França
Jesuíno (Cauã Reymond) e Açucena (Bianca Bin)


As lendas heroicas do sertão nordestino ganharam vida em "Cordel Encantado", com direito a um romance entre Açucena (Bianca Bin), uma jovem princesa criada como filha de lavradores, e Jesuíno (Cauã Reymond), um jovem sertanejo que não tinha ideia de que era filho legítimo do maior cangaceiro da região, o Coronel Herculano (Domingos Montagner).

Leia também: Amor de mãe! As 7 mães mais emblemáticas das novelas da Globo

  • Cheias de Charme
Empreguetes de arrow-options
TV Globo/Estevam Avellar
Empreguetes de "Cheias de Charme"


Essa é, de fato, um dos folhetins mais queridos pelo público. "Cheias de Charme" conquistou o coração dos telespectadores em 2012, na faixa das 19h da Globo , com direito até à fã-clubes para as famosas empreguetes.

Cida (Isabelle Drummond), Penha (Taís Araújo) e Rosário (Leandra Leal) conquistaram os espectadores com suas histórias de amor, dramas, lutas e, claro, vitórias. Além do trio, outra personagem que também ganhou destaque (e muito!) foi a atrapalhada e cômica vilã Chayene, vivida por Claudia Abreu.

  • Êta Mundo Bom
Candinho (Sergio Guizé) em arrow-options
TV Globo
Candinho (Sergio Guizé) em "Êta Mundo Bom"


Em 2016, o público conheceu a história de Candinho (Sergio Guizé), um rapaz caipira, do interior de São Paulo, que vai para a cidade grande em busca da identidade de sua mãe biológica, a quem ele nunca conheceu.

Lá, ele passa por alguns percalços no caminho e até se torna vítima de um golpe dado por Cristina (Flávia Alessandra), mas finalmente descobre que sua mãe estava mais perto do que ele imaginava.

  • Além do Tempo
Felipe (Rafael Cardoso) e Lívia (Alinne Moraes) arrow-options
TV Globo
Felipe (Rafael Cardoso) e Lívia (Alinne Moraes)


Já em "Além do Tempo", Felipe (Rafael Cardoso) e Lívia (Alinne Moraes) se apaixonam perdidamente, mas sofrem com muitos obstáculos até ficarem juntos: uma ex-noiva, um ex-prometido, uma mãe que é contra o relacionamento dos dois e muitas outras coisas.

Leia também: 'Eu sou um perigo quando falo ! Falo até o que não devo', diz Adriana Esteves

No entanto, nem a morte é suficiente para separar os dois, já que o caminho deles se cruza em uma outra vida. Felipe e Lívia voltam a se encontrar, agora em um outro século, em outra realidade. É claro que a química entre eles é inexplicável e a paixão fala mais alto, mas os obstáculos continuam lá para barrar o amor do casal.

  • A Força do Querer
Bibi (Juliana Paes) e Jeiza (Paolla Oliveira) em arrow-options
Divulgação
Bibi (Juliana Paes) e Jeiza (Paolla Oliveira) em "A Força do Querer"


A famosa novela da sereia! "A Força do Querer", de 2017, trouxe à tona os mistérios de Ritinha (Ísis Valverde), que acreditava ser uma sereia, e as loucuras de amor de Bibi (Juliana Paes), que fazia de tudo pelo homem que amava, Rubinho (Emílio Dantas).

Além disso, a policial Jeiza, interpretada por Paolla Oliveira, também ganhou merecido destaque no folhetim de Walcyr Carrasco, junto com Caio (Rodrigo Lombardi), o advogado apaixonado por Bibi.

Leia também: Falta amor? As 8 mães mais detestáveis das novelas brasileiras

  • Fina Estampa
Tereza Cristina (Christiane Torloni) e Pereirão (Lilia Cabral) arrow-options
Reprodução/TV Globo
Tereza Cristina (Christiane Torloni) e Pereirão (Lilia Cabral)

Por último, mas não menos importante na lista das novelas que marcaram a década , "Fina Estampa", de 2011. Pereirão (Lilia Cabral) e Tereza Cristina (Christiane Torloni) batiam de frente e a ricaça sempre achava uma forma de humilhar a rival. No entanto, quem mais se sobressaiu na trama foi a própria Pereirão, que ainda terminou a novela feliz da vida.