Uma nova série documental sobre o médium João de Deus  estreou na Globoplay na última terça-feira (23) e contou com uma participação especial de Xuxa Meneguel. Para "Em Nome de Deus", a apresentadora contou que se aproximou do religioso procurando um tratamento para a mãe, que sofria com Mal de Parkinson e falou sobre a  condenação dele.

Xuxa e João de Deus
Reprodução
Xuxa e João de Deus


"Existe gratidão? Uma gratidão vestida de vergonha, porque a gente não pode ser grata por um monstro. É um monstro, é fato. Mas existiu coisas que realmente ali eu poderia te dizer, eu vi ele operando, eu estava ali segurando, eu vi pessoas que falavam: ‘Não tenho um joelho, e ele me fez andar’. E uma pessoa não tinha joelho, cara!”, contou Xuxa em depoimento ao documentário.

A apresentadora ainda contou viu uma melhora no quadro da mãe após as consultas com o médium. ”Quando ele a conheceu, ela estava no estágio três. Ela morreu no estágio cinco. Depois que ele fez as coisas, bem ou mal ela ficou mais em pé. Depois ela parou de andar, parou de falar, parou de se mexer. Mas ele acompanhou esses piores estágios da doença. Qualquer alento, qualquer coisa que ele pudesse me oferecer, oferecer para minha mãe, para mim era ‘uau’", concluiu ela.

Em seu Instagram, Xuxa se desculpou por ter se enganado com o religioso. "Infelizmente me enganei, me enganei feio. Venho aqui para pedir desculpas a vocês, porque já divulguei o documentário dele, disse que ele é uma pessoa legal e tudo".


    Veja Também

      Mostrar mais