Tamanho do texto

Oprah Winfrey retirou do YouTube sua entrevista com João de Deus, medium acusado de abuso sexual. Veja mais detalhes sobre a atitude dela

repecurssão do caso de João de Deus , médium acusado por mulheres de abuso sexual , chegou até Oprah Winfrey, que não se agradou e fez questão de tomar suas próprias medidas para mostrar o repúdio.

Leia também: Hollywood em chamas: as atrizes que revelaram a violência nos bastidores

João de Deus em entrevista com Oprah Winfrey em 2012
Reprodução/ YouTube
João de Deus em entrevista com Oprah Winfrey em 2012

Oprah Winfrey , que havia visitado o homem em 2012 para gravar uma edição do programa "Oprah's Next Chapter", episódio esse que foi ao ar em 2013, retirou a entrevista do seu canal do YouTube após saber das acusações contra o médium.

Em nota a apresentadora falou sobre o caso: "Eu tenho empatia pelas mulheres que estão se apresentando agora e espero que a justiça seja feita”. Vale ressaltar que na época da entrevista, ela chegou a ir na Dom Inácio de Loyola, em Abadiânia (GO), lugar em que João de Deus faz seus atendimentos de tratamentos espirituais, e acompanhou algumas sessões so médium.

O caso de João de Deus

Doze mulheres denunciaram terem sido sexualmente abusadas por João Teixeira de Faria, médium conhecido como João de Deus. Em entrevistas ao jornal O Globo  e ao jornalista Pedro Bial – exibidas na madrugada do último sábado (08) na TV Globo – as vítimas relataram que os abusos sexuais teriam sido cometidos quando elas procuraram a cura espiritual na Casa de Dom Inácio de Loyola, em Abadiânia (GO), onde ele atende milhares de brasileiros e estrangeiros todas as semanas.

Desde então, o Ministério Público já recebeu mais de 200 denúncias referentes ao médium, incluindo de vítimas menores de idade. O caso está sendo investigado sob sigilo pelo Tribunal de Justiça de Goiás. 

Oprah Winfreycontra o assédio

Oprah Winfey é engajada no movimento #MeToo
Divulgação
Oprah Winfey é engajada no movimento #MeToo

Oprah, um dos maiores ícones televisivos norte-americanos, é engajada na luta contra o assédio e abuso sexual. Inclusive, ela é uma das maiores defensoras do movimento #MeToo, que incentiva as estrelas de cinema denunciarem os assédios sofridos.

Leia também: 15 celebridades que já foram vítimas de crimes sexuais

A onda de mulheres famosas que falam sobre o assunto está cada vez maior. Num bate-papo com o apresentador David Letterman, por exemplo,  Oprah Winfrey revelou uma série de violências que sofreu quando ainda era criança. Segundo seu relato ela foi estuprada aos 9 anos de idade.

    Leia tudo sobre: YouTube
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas