Tamanho do texto

Com a chegada de "O Justiceiro", listamos as personagens femininas multidimensionais que roubam a cena em cada uma das séries da parceria

Montagem/Reprodução
"Demolidor", "O Justiceiro", "Punho de Ferro", "Luke Cage" e "Jéssica Jones": Séries da parceria entre Marvel e Netflix têm excelentes coadjuvantes femininas

Uma característica forte, constante e que se apresenta cada vez melhor e mais vitaminada nas séries da parceria entre Marvel e Netflix são as coadjuvantes femininas. “Demolidor”, que já teve duas temporadas, “Jessica Jones”, “Luke Cage”, “Punho de Ferro” e a estreia “O Justiceiro” apresentam personagens femininas bem dimensionadas, cheias de conflitos e muito bem abordadas por atrizes em grande forma.

Leia também: "Punho de Ferro" triunfa ao capturar momento de mudança no gênero de super-herói

Excetuando-se “Defensores”, que reúne não só os protagonistas das séries que vieram antes, mas também alguns de seus coadjuvantes, todas as produções da Marvel e Netflix mantêm algumas características similares. Da virada no plot no sexto episódio, a surra/fragilidadefísica a qual o protagonista é submetido eventualmente, passando pelo surgimento de um subplot na metade final da temporada e, claro, a existência de boas e ressonantes coadjuvantes femininas.

Leia também: Com reverência à cultura negra, "Luke Cage" refina parceria de Marvel e Netflix

Abaixo listamos as mulheres que amamos nestas séries:

Karen Page (Deborah Ann Woll)

Karen Page é a segunda personagem feminina que mais aparece nas séries da Marvel/Netflix
Divulgação
Karen Page é a segunda personagem feminina que mais aparece nas séries da Marvel/Netflix

Ela surgiu na primeira temporada de “Demolidor” como uma jovem que primeiramente precisa da ajuda da dupla de advogados Matt (Charlie Cox) e Foggy (Elden Henson), que se transforma na assistente legal deles e, mais tarde, em jornalista. Destemida, leal e inteligente, Karen viveu um romance com Matt, mas resiste a sua vida dupla e os efeitos dela sobre sua rotina. Aproximou-se emocionalmente de Frank Castle. Além das duas temporadas de “Demolidor”, também pode ser vista em “Defensores” e no 1º ano de “O Justiceiro”.  

Elektra Natchios (Elodie Young)

Amor do passado do Demolidor, Elektra ressurge para tumultuar seu presente
Divulgação
Amor do passado do Demolidor, Elektra ressurge para tumultuar seu presente

Introduzida na segunda temporada de “Demolidor”, Elektra é uma mulher forte fisicamente, mas muito machucada emocional e psicologicamente. Sente-se próxima de Matt por compartilharem de um passado traumático que envolve, ainda, um romance malsucedido. Vilã em “Defensores”, a personagem foi redimida e ainda que não tenha espaço narrativo a contento, foi protagonista de alguns grandes momentos de emoção nas duas séries que participou.

Claire Temple (Rosario Dawson)

Elo entre as séries, Claire é uma mulher forte, determinada e qe vai mudando de opinião em relação ao vigilantismo
Divulgação
Elo entre as séries, Claire é uma mulher forte, determinada e qe vai mudando de opinião em relação ao vigilantismo

Personagem que desde o começo foi desenhada para ser a “liga” entre todas as séries da parceria, Claire funciona como o espectador naquele meio de personagens dotados de dons e poderes especiais. Aos poucos, seus dramas e anseios foram ganhando relevo e a enfermeira virou até mesmo mediadora de conflitos em “Defensores”. Envolveu-se romanticamente com Luke Cage e, de certa forma, virou uma vigilante também. Aparece em todas as séries.

Trish Walker (Rachel Taylor)

Trish é um dínamo de carisma e resiliência e cativa instantaneamente
Divulgação
Trish é um dínamo de carisma e resiliência e cativa instantaneamente

Única amiga de verdade de Jessica Jones, a âncora de um dos programas de rádio mais ouvidos de Nova York é uma espécie de celebridade. Assim como Jones, também carrega seus traumas – especialmente em virtude de relações abusivas com homens. É o exemplo de mulher moderna bem resolvida e sem medo de enfrentar seus fantasmas. Apareceu também em “Defensores”.

Leia também: Cinco razões que explicam porque “O Justiceiro” é a melhor série Marvel/Netflix

Jeri Hogrth (Carrie-Ann Moss)

A fria e calculista Jeri é uma das mulheres que evitam o clichês das produções da Marvel
Divulgação
A fria e calculista Jeri é uma das mulheres que evitam o clichês das produções da Marvel

Ainda que sejamos tentados a enxergar a advogada Jeri como vilã, não conseguimos. Dona de uma mentalidade friamente jurídico-empresarial, Jeri sempre põe seus interesses à frente de qualquer outra coisa, mas é consumida pela culpa. Além de “Jessica Jones”, também pode ser vista em “Punho de Ferro”.

Misty Knight (Simone Missick)

Entre o ceticismo característico de um policial e a intuição feminina, Misty nos ganhou logo de cara
Divulgação
Entre o ceticismo característico de um policial e a intuição feminina, Misty nos ganhou logo de cara

Implacável aplicadora da lei, a policial nova-iorquina precisa aprender a conviver com uma rotina de corrupção e descontentamento, o que invariavelmente lhe aproxima de Luke Cage e de seu modo nada complexo de resolver as coisas. Mulher de fibra e de convicções apaixonantes, Misty é uma super-heroína pronta para nascer. Também aparece em “Defensores”.

Mariah Dillard (Alfre Woodard)

Vilã clássica, Mariah é daquelas que odiamos amar...
Divulgação
Vilã clássica, Mariah é daquelas que odiamos amar...

A ideia de vilanizar um político ganha um bom verniz com Mariah, mulher ambiciosa que se vale de pautas de minorias para defender sua agenda própria e vai gradativamente trilhando um caminho sem volta. Vilã clássica daquelas que amamos odiar. Ou seria o contrário?

Leia também: Cinco razões que explicam péssimo momento de “The Walking Dead”

Coleen Wing (Jessica Henwick)

Coleen Wing aparece em
Divulgação
Coleen Wing aparece em "Punho de Ferro" e "Defensores"

Exímia artista marcial, Coleen é inadvertidamente tragada para a confusão que está a vida de Danny Randy (Finn Jones) e lida maravilhosamente bem com isso. A serenidade, é bem verdade, se junta à atração que sente pelo bilionário e protetor de Kun-Lun. Corajosa, generosa e extremamente devota às causas em que acredita, Coleen ganhou nosso coração.

Leia também: De "The Walking Dead" a "O Justiceiro": Jon Bernthal cresce e aparece

Joy Meachum (Jessica Stroup)

Joy é uma presença sutil e suave que vai se intensificando em
Divulgação
Joy é uma presença sutil e suave que vai se intensificando em "Punho de Ferro"

Irmã de criação de Danny, Joy precisou superar um ambiente extremamente machista para prosperar nos negócios da empresa. Dona de um grande coração, mas extremamente frágil, a personagem se revela uma leoa para defender aqueles que ama. Impossível não torcer por ela.

Dinah Madani (Amber Rose Revah)

Grande destaque de
Divulgação
Grande destaque de "O Justiceiro", Madani compartilha com o protagonista a obstinação

Mais uma policial na lista. A agente da Segurança Nacional dos Estados Unidos é daquelas que quando enfia uma coisa na cabeça vai até o fim. Obstinada e estrategista – e com um fraco por rostinhos bonitos, Madani quer desvendar o mistério envolvendo uma operação secreta da CIA no Afeganistão em que Frank Castle é peça chave. Ela é umas das melhores coisas da ótima “O Justiceiro”.

Leia também: 7 séries originais da Netflix que você precisa assistir

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas