Marlon Barreto
Divulgação
Marlon Barreto


Sem esconder a tristeza com a confirmação do  número de 217 mortos e 33 desaparecidos pelo impacto do temporal que castigou a cidade da região serrana do Rio, no último dia 15,  Marlon Barreto resolveu atuar de forma voluntária.

Com isso, adiantou as gravações do curso que ministra e também do conteúdo que disponibiliza nas mídias sociais, para participar presencialmente do trabalho, que tem como objetivo não deixar nenhuma comunidade ou família desassistida. 


Leia Também

Marlon Barreto
Divulgação
Marlon Barreto


Além de arrecadar alimentos, itens de higiene pessoal e material de limpeza,  Barreto prometeu doar valores em dinheiro. "Em situações de falta de perspectiva, sentir que você pode fazer um pouco de diferença para o outro traz um grande alento", destacou. 

Diante do fato, contou que se sentiu na obrigação de ajudar a população de Petrópolis, visto que entende bem o que é perder tudo na vida, e ressaltou que é possível que sua atitude desperte, aliás, o interesse de outros traders em auxiliar o próximo. 

Falando em prejuízo, a colunista Fábia Oliveira, do site "Em Off", publicou que ele nunca participou de reality show, mas, assim como alguns campeões das temporadas passadas do  "Big Brother Brasil" — como Rodrigo Cowboy, Cida e Dhomini —, viu ir embora quase o mesmo valor pago pelo programa da Globo em menos de um ano e, a partir dessa experiência, se fortaleceu como profissional. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários