Leo Jaime
Reprodução/Instagram
Leo Jaime


"O rapaz e a moça que foram tirar o dono de dentro de um carro, e o agrediram por três minutos sem que ele reagisse, são cidadãos de bem? Eleitores de quem? Tem redes sociais?" Como se vê,  Leo Jaime também não se conformou até agora com a notícia dada pelo "Fantástico" no último domingo (2) sobre o recepcionista de banco Gabriel da Silva Nascimento, de 23 anos, que foi atacado dentro do próprio veículo, em frente de casa.

Imagens de câmeras de segurança mostram o momento em que o homem é chamado de ladrão e alvo de chutes, pisões e tapas. Os autores são o empresário Jhonnatan Silva Barbosa, que, de acordo com o jornalístico da Globo, já foi condenado pela Justiça por ter atropelado e matado um senhor de 54 anos, em 2013, e a dentista Ana Paula Vidal. O ataque só parou depois de um vizinho dizer que o jovem era morador do condomínio e proprietário do automóvel. Para o advogado de defesa, o racismo é evidente.




Leia Também


'Eu achei que iria morrer', diz rapaz negro agredido dentro do próprio carro, no Maranhão
Reprodução/Instagram
'Eu achei que iria morrer', diz rapaz negro agredido dentro do próprio carro, no Maranhão



O incidente fez com que  Leo associasse sua indignação com questões partidárias, e, por causa disso, o  ator e cantor acabou lendo de tudo. "Não entendo a relação do que aconteceu com o fato de eles serem eleitores de x ou y", disse o primeiro usuário do microblog. "Parem de politizar atos ou ações! Agressões descabidas sempre ocorreram, porém agora estão sendo registradas e não mais toleradas", comentou outro. Já o terceiro reiterou: "Misturar ideologia política com índole? Para com isso. Só está gerando mais ódio".


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários