Deborah Albuquerque, Rafael Ilha, Aline Kezh e Bruno Salomão
Divulgação
Deborah Albuquerque, Rafael Ilha, Aline Kezh e Bruno Salomão


Nada melhor do que falar sobre os últimos desdobramentos da nova temporada de "A Fazenda" com quem fez parte do programa e conseguiu levar o prêmio de R$ 1,5 milhão para casa. Um bom exemplo disso é Rafael Ilha, vencedor da décima edição do reality show da RecordTV. O ex-Polegar foi o convidado de  Deborah Albuquerque e Bruno Salomão para o "Papo Confinado" desta quarta-feira (13).

Durante a conversa, o cantor não economizou críticas ao elenco, a quem se referiu como "gente mau-caráter e desconhecida". Para Ilha, o influenciador digital Rico Melquíades é a "versão chinesa do Gil do Vigor", do "Big Brother Brasil 21", e a "vergonha da classe LGBTQIA+". Já o Nego do Borel foi o injustiçado da vez.  Ao classificar a expulsão do funkeiro como uma "put* sacanagem", não aliviou para a ex-noiva dele.


Leia Também

"Aquela Duda Reis é insuportável. Tem problema. Para mim, levou um chá de pir*ca que não consegue esquecer", expôs, dando sua opinião logo em seguida. "Se tenho um marido que é agressor, do jeito que ela falou, 'que me bate, faz isso, faz aquilo, aterroriza e agride de outras formas, emocionalmente, psicologicamente', eu quero que vá para Marte, que morra! Agora ficar falando disso todo dia?", disse referindo-se às acusações da atriz e influencer.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários