Marco Nascimento tem revoltado os funcionários da Record por promover sua mulher a apresentadora
Reprodução/Linkedin
Marco Nascimento tem revoltado os funcionários da Record por promover sua mulher a apresentadora


O clima na Record de Minas Gerais está péssimo . Tudo porque Marco Nascimento tem feito uma devassa no elenco da emissora desde que assumiu o cargo de diretor de Jornalismo, em dezembro de 2021. Ele demitiu nomes importantes do elenco para contratar sua mulher, Priscilla de Paula, como repórter e promovê-la a apresentadora de um dos principais telejornais da casa em tempo recorde. O caso se tornou um escândalo na rede de Edir Macedo e a chefia de São Paulo precisou intervir.


A coluna apurou que a direção nacional de Jornalismo da Record deu um esculacho em Nascimento e o proibiu de colocar Priscilla como apresentadora por tempo indeterminado. Ela não pode sequer substituir os titulares em suas folgas ou cobrir escalas de fim de semana.

Marco Nascimento havia sido demitido da Record do Rio de Janeiro no final do ano passado justamente por suas decisões controversas. Uma delas, bastante criticada internamente, foi a contratação de Priscilla para o time de repórteres, com um alto salário e uma série de regalias internas que lhe foram dadas pelo simples fato de ser a "mulher do chefe".

Com seu retorno à Record de Minas, ele precisou preparar o terreno para levar sua mulher. Mas as equipes já estavam preenchidas e ele precisou promover cortes para encaixar Priscilla na folha de pagamento. Antes mesmo de assumir oficialmente o posto, ordenou o antigo diretor de Redação, André Verlan, a demitir a experiente repórter Raquel Rocha, que também era escalada com frequência para apresentar os programas da casa.

Ninguém entendeu a decisão, tendo em vista que Raquel sempre teve o trabalho elogiado e era muito querida por toda a equipe. Mas o salário da antiga funcionária ainda estava muito abaixo do que Marco queria estipular como pagamento para sua mulher. E funcionários dos bastidores, como o próprio André Verlan, também acabaram demitidos.

Leia Também

Priscilla chegou na Record Minas como repórter, mas em menos de um mês já foi escalada para apresentar um dos telejornais da casa, furando a fila dos repórteres mais experientes que cumpriam esta função. O desempenho da mulher do chefão foi péssimo e a audiência despencou. Mesmo assim, ela acabou anunciada internamente como nova âncora do time.

Chegada de Lair Rennó à Record Minas provocou demissão de André Rocha
Reprodução/Instagram
Chegada de Lair Rennó à Record Minas provocou demissão de André Rocha


Cortina de fumaça

Outra contratação pouco celebrada pelos funcionários da Record Minas foi a de Lair Rennó , que estreia na próxima semana à frente do MG Record, jornal exibido às 19h10. Amigo pessoal de Marco Nascimento, o ex-substituto de Fátima Bernardes no Encontro chegou à nova casa com um salário acima da média de profissionais veteranos, causando um grande incômodo.

A princípio, ele subsituiria Eduardo Costa, que terá que se afastar em breve do MG no Ar porque sairá como candidato a vice-governador por Minas Gerais. Mas seu grande objetivo é ocupar a vaga de Mauro Tramonte, titular do Balanço Geral, que também se afastará para tentar se reeleger como deputado estadual.

Mas na última semana tudo mudou. Marco Nascimento decidiu demitir André Rocha, que estava na casa havia 14 anos, era vice-lider e tinha um faturamento comercial excelente, para abrir caminho tanto para o ex-funcionário da Globo quanto para sua mulher.

Rennó vai de fato estrear na próxima segunda-feira (28) à frente do MG Record. Mas Priscilla, se quiser aparecer no vídeo, terá que seguir como repórter e justificar o alto salário que receberá até que a chefia nacional da rede de Edir Macedo mude de ideia. E como o caso tomou uma proporção escandalosa, isso não deverá ocorrer tão cedo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários