Anderson Leonardo e MC Maylon
Reprodução Instagram
Anderson Leonardo e MC Maylon

Recentemente Anderson Leonardo, vocalista do grupo Molejo, foi acusado de estupro por MC Maylon . Com a repercussão, o cantor assumiu que se relacionou com o funkeiro, mas consensualmente. 

Para o advogado Ivo Peralta, responsável pela defesa de Anderson , Maylon está usando de sua “imaginação fantasiosa para conquistar fama a qualquer custo”. E com isso, segundo ele, estaria cometendo o crime de denunciação caluniosa.

“Entendemos que o Maylon se utilizou desse subterfúgio - da imaginação fantasiosa dele - para alcançar a fama uma vez que nada que foi relatado por ele condiz com a verdade, salvo a relação sexual que aconteceu apenas uma vez e com consentimento”, afirmou o advogado ao Portal iG. 

Ao falar das recentes entrevistas que Maylon vem concedendo na mídia, o advogado reitera sua visão de que tudo pode ser uma estratégia para alcançar "notoriedade no universo do entretenimento".

“Essa promoção que ele vem fazendo de tentar aparecer nas redes sociais ou mesmo na TV só prova que a única vontade dele é obter fama a qualquer custo, passando por cima de tudo e de todos. No entanto, essa postura é vista com maus olhos neste ramo. Sendo assim, ele está dando um tiro no próprio pé, cavando a própria cova no meio artístico”, continuou.  

Em resposta a declaração de Peralda, Fêh Oliveira, responsável pela defesa de MC Maylon, disserta sobre a possibilidade de o mesmo ser taxado de "oportunista" pela defesa de Anderson judicialmente.

"O próprio cantor Anderson apostava na carreira do funkeiro e usou de sua posição de artista consagrado para ludibriá-lo e praticar o crime", declarou.

Sangue na cueca e festa após estupro

MC Maylon Anderson Leonardo, vocalista do Molejo
Reprodução Instagram
MC Maylon Anderson Leonardo, vocalista do Molejo

Recentemente, foi confirmado pela polícia a presença de sangue e sêmen na cueca que MC Maylon teria utilizado no dia do suposto crime (11/12/2020). Sobre isso, Fêh Oliveira ressalta que Anderson não tem intenção de colaborar com as investigações e que apenas assumiu algo após ser desmentido publicamente. 

Você viu?

"Essa prova [cueca] já foi confirmada pela perícia técnico-científica. No primeiro momento, o investigado [Anderson] negou todas as alegações da vítima e diante dessa prova irrefutável ele mudou sua versão, o que já demonstra a sua má-fé em colaborar com a elucidação dos fatos", afirmou Fêh Oliveira.

Indagado sobre como pretende provar a inocência de Anderson diante deste fato, Ivo aposta em tudo que prove que Maylon não demonstrou estar emocionalmente abalado nos dias que sucederam o suposto abuso.

"As provas que usaremos são as documentais. São itens que comprovam que Maylon, durante todo esse tempo [após o suposto crime], se divertiu, compareceu em festas na presença de Anderson em eventos nos quais Anderson tocava, se apresentou, bem como em outros locais sem nenhum tipo de problema”, disse.

“Além disso, usaremos conversas com amigos, com funcionários da equipe, com a própria irmã do Anderson , ou seja, conversas com pessoas que podem atestar que ele estava bem e controlado após o dia 11 de dezembro”, acrescentou Ivo. 

Em réplica, Fêh Oliveira faz um alerta, considerando que mesmo abalado, o MC tinha responsabilidades a cumprir e precisou sacrificar seu emocional para isso.

"Precisamos separar o MC Maylon, do garoto Maycon, a figura pública de MC precisava cumprir a agenda de compromissos e manter as aparências para que as promessas de agenciamento artístico fossem cumpridas. Juridicamente esses fatos pouco importam e apenas servem para desviar a opinião pública, em uma tentativa leviana de deslegitimar a vítima por seus comportamentos".

Quem indeniza quem?

Anderson Leonardo pretende processar MC Maylon
Reprodução/Instagram
Anderson Leonardo pretende processar MC Maylon

Atualmente não há nenhum processo da parte de Anderson contra o Maylon correndo na Justiça. Porém, segundo o defensor do vocalista do Molejo, a equipe aguarda a conclusão do inquérito iniciado pelo funkeiro para abrir um processo indenizatório

“Pretendemos promover uma ação de reparação civil, visto que Anderson, juntamente com o grupo Molejo, vem perdendo alguns contratos, contratantes e apresentações devido às acusações de Maylon”, avaliou.

A defesa de MC Maylon, por sua vez, evita previsões e foca no presente. "No momento, todos os nossos esforços estão focados em acompanhar as autoridades conduzindo as investigações com o máximo rigor de imparcialidade e estamos à disposição para a acareação das partes", encerrou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários