Atriz teria incitado Brian Austin Green a agredir o profissional após fotos tiradas do casal no Havaí em dezembro de 2011

Brian Austin Green imobilizando o fotógrafo no Havaí
Grosby Group
Brian Austin Green imobilizando o fotógrafo no Havaí
Brian Austin Green , marido de Megan Fox , agrediu um paparazzo em Honolulu, no Havaí, em dezembro de 2011, durante as férias do casal. A agência internacional de fotografia "Grosby Group" mostra o ator imobilizando o fotógrafo na praia.

Siga o iG Gente no Twitter e acompanhe todas as notícias sobre sua estrela favorita

De acordo com informações do site “TMZ”, Brian está sendo processado por Delbert Shaw , que afirma ter sido agredido enquanto fazia fotos do casal. O processo vai ser apresentado nesta segunda-feira (26) em um Tribunal de Los Angeles. O fotógrafo diz que Brian e Megan fizeram ameaças verbais antes das agressões físicas.

Megan Fox e o marido Brian Austin Green
Grosby Group
Megan Fox e o marido Brian Austin Green

A atriz teria pedido para o marido tomar uma atitude com as fotos tiradas sem que ela quisesse. “Você vai deixar ele escapar com isso?”, teria incitado ela. Delbert relata que após isso, Brian começou a agredi-lo, deixando-o com sérios ferimentos, para defender a honra da mulher. Delbert está processando Brian por danos não especificados.

LEIA MAIS: Relembre artistas que também se envolveram em polêmicas com paparazzi

Além das agressões físicas e verbais, o fotógrafo acusa ainda o ator de “Desperate Housewives” de ter jogado seu iPhone no mar. O site afirma que entrou em contato com os representantes do casal, mas não obteve retorno.

O fotógrafo diz que Megan Fox teria incitado o marido a agredi-lo
Grosby Group
O fotógrafo diz que Megan Fox teria incitado o marido a agredi-lo

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.