Greve na porta da RedeTV!
Twitter / Thiago Tanji
Greve na porta da RedeTV!

Os funcionários da RedeTV! deram uma pausa na greve que já durava mais de 15 dias . O canal de televisão e os trabalhadores fecharam um acordo no qual os grevistas se comprometiam a voltar ao trabalho e a emissora garante que não haverá demissões por conta da paralisação.

Egberto Paschoa Balboni,  dirigente do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Radiofusão e Televisão no Estado de São Paulo, disse à Folha de S. Paulo que a greve está suspensa, mas pode voltar a qualquer momento. Os trabalhadores podem paralisar o trabalho novamente caso a empresa não cumpra com o que foi acordado.

O Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo (TRT-SP) propôs um acordo de paz para que a greve fosse suspensa e as tratativas retomadas. A RedeTV! aceitou essa sugestão e se comprometeu a não demitir nenhum funcionário enquanto durar a cláusula de paz ou até o julgamento.

No dia 4 de setembro, em uma reunião entre os advogados da emissora e do sindicato, ficou definido que os funcionários vão receber um aumento de 17%. Essa decisão ainda precisa passar por um julgamento para que o caso tem uma solução, o que pode acontecer até outubro.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários