José Luiz Datena no
Reprodução Band
José Luiz Datena no "Brasil Urgente"

José Luiz Datena voltou a criticar Jair Bolsonaro (sem partido) , na segunda-feira (12), durante o "Brasil Urgente". Após noticiar a ligação entre o presidente e o senador Jorge Kajuru (Cidadania-GO), o apresentador disse que o chefe do Executivo "agrediu a democracia". 

"Hoje de manhã, o Bolsonaro saiu lá da porta do Palácio e disse 'olha, como é que pode gravar o Presidente da República? Não tem cabimento gravar, só com autorização judicial em alguns casos...' O Kajuru diz que ele sabia que estava sendo gravado. Eu questionei e achei estranho isso", iniciou Datena .

"O que a gente conseguiu com exclusividade, que o Kajuru não tinha divulgado, é um ataque do presidente Jair Bolsonaro a alguns senadores e, especificamente, ao Randolfe Rodrigues, que é o senador pelo Amapá. Ele (Bolsonaro) o xinga inclusive", continuou o apresentador do "Brasil Urgente" .

"O mais grave é quando, no momento da conversa, o Bolsonaro fala 'Olha, você tem que entrar com o pedido de impeachment contra ministros do Supremo'. Pô, mas isso é um caso claro de uma agressão à democracia. Não pode um Presidente da República falar para o senador pra entrar com ação contra os ministros do Supremo porque isso é um poder em interferindo no outro. Isso é uma calamidade", concluiu Datena. Assista ao vídeo. Minutagem 02h10.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários