A CNN está de quadro novo e contratou dois jornalistas que eram da Globo para trabalharem como comentaristas. Alexandre Garcia, que  tem um posicionamento abertamente conservador e apoia o presidente Jair Bolsonaro, e Sidney Rezende irão participar do "CNN - Liberdade de Expressão". 

Alexandre Garcia
Reprodução/Instagram
Alexandre Garcia vai para a CNN

Ao contrário de Garcia, Rezende é crítico ao governo atual, mas os dois não irão debater entre si. Segundo o colunista Maurício Stycer, a CNN quer abrir espaço para os jornalistas emitirem opiniões e os novos contratos participarão individualmente, cada um em um momento, para responder perguntas dos âncoras e fazerem análises do noticiário. 

A participação de Rezende e Garcia será transmitida ao vivo durante o "Novo Dia", que começa às 7h da manhã e é comandado por Rafael Colombo e Elisa Veeck. O quadro será exibido uma segunda vez a partir das 13h, no "Visão CNN", com apresentação de Evandro Sini e Luciana Barreto. 

Os dois veteranos contratos pela emissora tem passagens pelo Grupo Globo. Sidney Rezende foi demitido em 2015 da GloboNews após postar um texto em seu blog criticando o jornalismo feito no Brasil. Já Alexandre Garcia preferiu se desligar do canal de TV carioca em 2018, após 30 anos na casa. Rezende comanda o próprio site de notícias e tem uma coluna no Jornal O Dia.  Garcia havia sido contratado pelo Canal Rural há poucos meses e permanece também na emissora.

    Veja Também

      Mostrar mais