Tamanho do texto

Ao lado de Ingrid Guimarães, veterana participou do "Conversa com Bial", na noite da última quarta-feira (24) atrizes falaram sobre dificuldades no humor

Ingrid Guimarães e Berta Loran participaram do "Conversa com Bial" na noite da última quarta-feira (25) e falaram sobre as dificuldades para a mulher conseguir espaço no humor.

Leia também: Desbravando a história da comédia, Ingrid Guimarães comanda série no Viva

Berta Loran e Ingrid Guimarães no
Reprodução/Globo
Berta Loran e Ingrid Guimarães no "Conversa com Bial"


"Eu, para ser cômica em 45 anos na Globo, você não sabe o quanto tive que implorar, 'pelo amor de Deus, escrevam algo para mim'", revelou Berta Loran , que durante o programa ainda divertiu a plateira ao falar de uma doença que teve.

Leia também: Bruna Marquezine desabafa sobre agressões: "Vai além da política"

"Olha como eu estou, não tenho reumatismo, não tenho porra nenhuma. Mas já tive câncer de outros fumarem. As colegas minhas fumavam no camarim enquanto se maquiavam. Meus brônquios são abertos e foi direto pra minha bexiga. Conheci um médico que me operou, eu nem sabia que tinha. Não caiu cabelo, nem nada. Sabe por onde ele me operou? Pela xoxota", disse ela arrancando risadas de quem estava no "Conversa com Bial".

Leia também: Sandra de Sá enfrenta ação de despejo e desabafa: "Fiquei altamente surpresa"

Além de Berta Loran , Ingrid Guimarães também contou sua experiência a a dificuldade na carreira. "Sou de uma geração de transição. Cheguei a fazer o programa do Chico Anysio, passei pela fase que humoristas só faziam empregada, secretária, empregada ou feia em novelas, todas as comediantes passaram pelas novelas do Manoel Carlos. A gente queria ser mulher normal, e só conseguiu por causa da recusa".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.