Tamanho do texto

Claudia Leitte participou do "Encontro com Fátima Bernardes" nessa segunda (26) e questionou sobre força do trabalho feminino

Nesta segunda-feira (26), o “ Encontro com Fátima Bernardes ” abordou um assunto pra lá de polêmico ao tratar as barreiras de gênero no âmbito das profissões escolhidas por homens e mulheres . Como de costume, o programa contou com alguns convidados, entre eles, a cantora brasileira Claudia Leitte, que mais chamou atenção por alguns comentários, dividindo a opinião do público.

Leia também: Claudia Leite exibe barriga chapada em foto de biquíni: "Sensualizando"

Claudia Leitte questiona fragilidade feminina e internet não perdoa
Reprodução Globo
Claudia Leitte questiona fragilidade feminina e internet não perdoa

Ao tratarem o olhar machista sob algumas profissões que são ditas como masculinas, entretanto exercidas por algumas mulheres, Claudia Leitte questionou sobre a genética femina ligada ao trabalho braçal. “Geneticamente a gente [mulheres] não é relacionada mais ao trabalho braçal, a força bruta, o aspecto físico mesmo? Não é mais sensível? Historicamente a gente veio da costela de Adão, que proteja e sustenta, então é uma função que não desmerece. Não somos mais sensíveis?”,  perguntou.

Leia também: Tudo que ela quer é um aplicativo! Claudia Leitte lança rede social para fãs!

Reação do público

O questionamento da loira implicou em uma série de comentários nas redes sociais, principalmente no Twitter . Os telespectadores do programa não deixaram passar batido o comentário. Logo, as opiniões foram dividas, mas muitos não pouparam as críticas.





Leia também: "Não queria mensagem oposta a sororidade", diz Claudia Leitte sobre "Lacradora"

Entretanto, Claudia Leitte foi defendida por alguns internautas que fizeram questão de ressaltar os chamados hetters.




    Leia tudo sobre:
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.