Tamanho do texto

Jung Joon Young terá que pagar uma pena de 7 anos e Choi Jong Hoon ficará 5 anos na cadeia; eles eram dos grupos Drug Restaurant e do F.T. Island

Os cantores de k-pop Jung Joon Young, do grupo Drug Restaurant, e Choi Jong Hoon, que integra o F.T. Island, foram condenados à prisão por terem participado, filmado e posteriormente compartilhado mais de uma vez um estupro coletivo em 2016. Segundo foi divulgado pela Veja, Jung Joon Young foi sentenciado a sete anos de prisão e Choi Jong Hoon a cinco anos.

Leia também: Acusado de uso de drogas e calote, cantor deixa banda de k-pop

Jung Joon Young e Choi Jong Hoon arrow-options
Reprodução/Instagram/@arirangland
Jung Joon Young e Choi Jong Hoon foram condenados por estupro


Leia também: Muito além do BTS: confira as bandas de k-pop mais populares da atualidade

A emissora sul-coreana SBS chegou a transmitir uma entrevista com uma das vítimas, cuja identidade foi preservada, e, no relato, ela disse saiu com cinco pessoas, sendo que os cantores de k-pop estavam nesse grupo, e desmaiou. Na manhã seguinte, ela acordou nua em um quarto de hotel.

Leia também: Integrante do BTS se envolve em acidente de carro e pede desculpas

Conforme a  Veja , Jung Joon Young foi indiciado em março por gravar relações sexuais e compartilhar online. A justificativa que a estrela do k-pop deu na época é que ele gravou com o consentimento das mulheres.