Tamanho do texto

O processo de divórcio continua, mas Angelina não possui o sobrenome Pitt

Depois de anos em processo, Angelina Jolie e Brad Pitt estão legalmente solteiros, entretanto os termos do divórcio ainda não foram totalmente definidos e, por isso, o processo continua. Foi noticiado pelo portal britânico The Sun recentemente que Angelina queria voltar com Brad e estaria propositalmente dificultado esse processo de separação.

Leia também: Angelina Jolie estaria sabotando divórcio para reatar com Brad Pitt

Angelina Jolie e Brad Pitt
Reprodução/Twitter
Angelina Jolie e Brad Pitt estão solteiros, mas termos de divórcio não foram acordados


Se esse esforço existe por parte de Angelina Jolie , parece que está sendo em vão. O site AP News divulgou que os documentos do Tribunal Superior de Los Angeles mostram que o juiz John W. Parents bateu o martelo na sexta-feira (12) definindo que os atores não eram mais casados. Inclusive, o sobrenome de Angelina deixou de ser Jolie Pitt e voltou a ser apenas Jolie.

Leia também: Angelina Jolie sugere que pode ingressar na política em breve: "sou capaz"

Os advogados do casal pediram um julgamento bifurcado, o que significa que duas pessoas casadas podem ser declaradas solteiras antes que todas as questões do divórcio sejam acordadas.

Não está claro quais questões permanecem sem solução no processo divórcio , mas a atriz apresentou documentos dizendo que o ex-marido não estava pagando suficiente de pensão alimentícia e os advogados contestaram.

Leia também: Brad Pitt e Angelina Jolie fazem acordo amigável pela guarda dos filhos

Angelina Jolie , de 43 anos, e Brad Pitt, de 55 anos, casaram em 2014, são pais de seis filhos e ela acabou pedindo o divórcio em 2016.