Tamanho do texto

Atriz engajada em inúmeras causas humanitárias disse que "vai para onde sua presença é necessária" e não descartou entrar para a política

Angelina Jolie sempre engajou-se em boas causas humanitárias, porém, nesta sexta-feira (28) as coisas tomaram um rumo mais sério quando, em entrevista a uma rádio americana, a artista hollywoodiana deu a entender que pode em breve entrar para a política e em breve.

Leia também: Angelina Jolie acusa Brad Pitt de não pagar pensão aos filhos após separação

Angelina Jolie dá a entender, durante entrevista a rádio americana, que pode se envolver com política em breve
Reprodução
Angelina Jolie dá a entender, durante entrevista a rádio americana, que pode se envolver com política em breve

Tudo começou durante uma entrevista que a americana concedeu a Rádio Today , da BBC . Convidada especial do programa por ser da Agência da ONU para Refugiados (ACNUR), Angelina Jolie comentou que descartaria a hipótese de entrar para a política há 20 anos, mas que hoje em dia vai para onde sua presença for necessária.

Leia também: Apagada em Hollywood, Angelina Jolie estaria com inveja de Amal Clooney

Durante o papo, o entrevistador Justin Webb falou sobre temas relevantes com a atriz , como redes sociais, violência sexual, crise global, refugiados e outros temas delicados e complexos.

Ao ser questionada se cogitava se envolver sobre a área governamental, ela respondeu: "Se você me perguntasse há 20 anos, eu teria rido... Sempre digo que eu vou aonde for necessária, não sei se estou preparada para a política... mas também brinco dizendo que não sei se ainda tenho algum esqueleto no armário."

"Também sou capaz de trabalhar com governos e também sou capaz de trabalhar com forças armadas, estou em uma posição muito interessante de poder fazer muita coisa." E acrescentou que, "por enquanto", ficaria quieta.

Quando Webb sugeriu que ela poderia estar na lista dos 30 a 40 democratas que disputam para representar o partido na corrida presidencial, ela não disse "não", respondendo apenas "obrigada".

Leia também: Após Jared Leto e Deep, Keanu Reeves seria "novo affair" de Angelina Jolie

Angelina Jolie é um dos vários editores convidados, incluindo David Dimbleby e Martha Lane Fox, que estão fazendo participações no programa entre os dias de 22 de dezembro e 1º de janeiro. A atriz é militante e ativista em uma série de questões, incluindo o direito de refugiados, combate ao assédio sexual e a conservação ambiental.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.