Tamanho do texto

Cantor foi acusado diversas vezes de abuso sexual e até de manter uma escrava sexual em casa. Agora ele será oficialmente denunciado pela polícia

O cantor R.Kelly será formalmente acusado por pelo menos 10 casos de abuso sexual. De acordo com o Chicago Sun Times , um juiz do Condado de Cook, nos EUA, aprovou um mandado de prisão para o cantor, acusado por pelo menos 10 pessoas por abuso sexual, três delas menores de idade.

Leia também: Jovem de 20 anos processa R. Kelly por abuso sexual e cárcere privado

R.Kelly
Divulgação
R.Kelly

De acordo com a acusação , os casos ocorreram entre 1998 e 2010, e as menores tinham idade entre 13 e 16 anos. Na última semana surgiu uma nova evidência, um vídeo de R.Kelly tendo relações sexuais com uma dessas menores, o que teria resultado na convocação de um júri que ajudou na decisão.

Leia também: R. Kelly lança música polêmica sobre acuações de violência sexual

Segundo o TMZ , fontes apontam que o cantor deve se entregar para as autoridades. A primeira sessão do cantor na corte está marcada para 8 de março. Caso seja julgado culpado, ele pode pegar de três a sete anos de prisão. 

Ao longo dos anos o cantor já recebeu diversas acusações de abuso sexual , como sua ex-namorada Kitti Jones, que o acusou de manter uma escrava sexual presa em sua casa desde os 14 anos. Jones foi uma das mulheres que contou sua história de abuso no documentário “Surviving R.Kelly”, que foi ao ar no canal americano Lifetime no começo de 2019. 

O programa, que soma seis episódios, ouviu mais de 50 pessoas e relembrou o histórico de má-conduta sexual de Kelly, que data de mais de 20 anos. Quem também participou do documentário foram os pais de Joycelyn Savage, atual namorada de Kelly, que eles acreditam ser escrava sexual do cantor, o que Joycelyn negou.

“Depois de 25 anos de abusos sexuais em série e ataques a menores de idade, o dia de julgamento de R.Kelly chegou”, comentou o advogado Michael Avenatti. Ele atende uma das vítimas do cantor e foi o responsável por conseguir a fita que, ainda segundo o TMZ, foi essencial para a investigação.

“Surviving R.Kelly” também relembra o relacionamento mais famosos de Kelly, com a cantora Aaliyah. Ele foi o responsável por levar a cantora para o estrelato e os dois teriam tido um caso quando ela tinha apenas 15 anos, e chegaram a se casar escondido. No documentário, uma cantora de apoio de Kelly na época disse que viu os dois durante o ato sexual quando ela tinha 15 anos, o que a mãe da cantora, morta em 2001, nega.

Leia também: Rapper R. Kelly é acusado de ter uma garota como "animal de estimação sexual"

Por meio de seu advogado, Steven Greenberg, R.Kelly negou as acusações.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.