Tamanho do texto

Mary J. Blige irá pagar o equivalente a R$ 97 mil por mês ao seu ex-marido, que a trocou por sua pupila e amiga mais jovem

Após ser traída, a Mary J. Blige foi condenada a pagar uma pensão mensal no valor de US$ 30 mil (equivalente a R$ 97 mil, na cotação atual) para seu ex-marido, o empresário Martin Isaacs . O valor pedido pelos advogados do empresário era muito maior, chegando a US$130 mil. Contudo, esses valores foram negados e o montante a pagar será retroativo a setembro de 2016, em um acumulado de US$ 235 mil, incluindo as despesas de Isaacs com os advogados.

Leia também: Flagra! Flash de paparazzi revela seios de Selena Gomez por baixo do vestido

Após ser traída pelo marido com sua amiga, Mary J. Blige é condenada pela justiça americana a pagar R$ 97 mil por mês de pensão ao ex-marido, o empresário Martin Isaacs; o casal se divorciou no final do ano passado
Reprodução/Site oficial
Após ser traída pelo marido com sua amiga, Mary J. Blige é condenada pela justiça americana a pagar R$ 97 mil por mês de pensão ao ex-marido, o empresário Martin Isaacs; o casal se divorciou no final do ano passado

O divórcio do casal, depois de mais de 12 anos juntos, veio a público no final de 2016, após  Mary J. Blige descobrir que o agora ex-marido mantinha um caso extraconjugal - e que seus gastos com a amante eram bastante altos, mesmo para o padrão de vida do casal. Ela questionou com afinco os valores pedidos por Isaacs, alegando que ele havia gasto seu dinheiro com a amante.

Leia também: Jennifer Garner critica matéria da People sobre seu divórcio: "não autorizei"

E, de acordo com o site americano Page Six , a amante do empresário seria a também cantora  Starshell , de apenas 28 anos, uma antiga pupila e amiga de sua ex-mulher. A suposta amante é 18 anos mais nova que a cantora, além de ser uma das estrelas do selo pessoal de Mary. As duas mantinham uma relação próxima, e chegaram a assinar juntas algumas composições.

Leia também: Após ser chamada de gorda, Rihanna rebate críticas com meme

Mary J. Blige também acusa o ex-marido de ter gasto mais de US$ 420 mil em viagens com a amante enquanto ela estava trabalhando. É com base neste argumento que os advogados da cantora tentaram rebater os valores dos pedidos de pensão do empresário. Contudo, como a justiça norte-americana entendeu que era a cantora quem mantinha o lar, ela será obrigada a pagar a pensão.