Devido aos panelaços contra o presidente Jair Bolsonaro, o dono do canal pornô estrangeiro Pornhub teve que parar as gravações de seus filmes no Rio de Janeiro por conta do barulho dos protestos dos vizinhos nas janelas em relação ao momento político do país.

Leia também: Canal pornô libera exibição de filmes para ajudar na quarentena

Brian ‘Hunk Hands’ Crabtree
Reprodução/Instagram
Brian ‘Hunk Hands’ Crabtree


Enquanto atuava, Brian "Hunk Hands" Crabtree deixa de fazer sexo oral em uma mulher e pergunta o motivo do "barulho com um monte de gente batendo panelas e tampas". Em seguida, ela responde que se trata de um protesto contra Bolsonaro .

Leia também: Na quarentena, capas da Playboy revelam pedidos inusitados que estão recebendo

O som das panelas não é ouvido no vídeo, que foi publicado há quatro dias e que tem mais de 5 mil visualizações, mas é possível ver quando o casal sai no terraço do apartamento para gravar outra cena sem medo de serem vistos pelos vizinhos.

Leia também: Icônicas! Relembre 15 capas históricas da Playboy americana

Os atos contra Bolsonaro têm sido frequentes nos últimos dias por conta da crise do novo coronavírus que afetou não só a saúde, mas a política e a economia brasileira.

    Veja Também

      Mostrar mais