Tamanho do texto

'A vida invisível', de Karim Aïnouz, é aposta do Brasil na premiação

A Academia anuncia nesta segunda-feira (16) os 10 filmes pré-selecionados na disputa pelo Oscar de melhor filme internacional. O Brasil está na disputa com "A vida invisível", de Karim Aïnouz. Entre os favoritos, estão o coreano "Parasita", de Bong Joon Ho, e "Dor e glória", de Pedro Almodóvar.

Leia também: Filme “A Vida Invisível” recebe prêmio em festival de cinema na Espanha

Cena de A Vida Invisível arrow-options
Divulgação
"A Vida Invisível" pode representar o Brasil no Oscar


Quem concorre a filme internacional?

Este ano, a Academia recebeu um número recorde de indicações ao Oscar de melhor filme internacional, com submissões de 93 países. Pela primeira vez, Gana, Nigéria e Uzbequistão indicaram filmes. Para estarem aptos a concorrer nesta categoria, os filmes devem ter mais de 40 minutos, terem sido produzidos fora dos Estados Unidos e terem diálogo predominante em outra língua que não seja inglês.

Quem escolhe os concorrentes?

Só é permitido uma indicação por país, e cada nação tem seu próprio sistema de escolha. No Brasil, um comitê da Academia Brasileira de Cinema é responsável pela escolha. Este ano, a comissão ficou dividida: " A vida invisível " recebeu cinco votos, enquanto "Bacurau", de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, ficou em segundo lugar, com quatro. Segundo a diretora Anna Muylaert, que presidia a comissão, os critérios de seleção foram "gosto pessoal e as chances de o filme agradar a Academia de Hollywood".

Leia também: Sem unanimidade, "A Vida Invisível" representará o Brasil no Oscar 2020

E como é feita a seleção da Academia?

Após receber as indicações de todos os países, a Academia faz uma pré-seleção que este ano terá dez filmes, e é anunciada nesta segunda-feira. As nomeações finais, com apenas cinco títulos, será feita em 13 de janeiro de 2020, e o grande vencedor será revelado na 92ª cerimônia dos Oscars, em 9 de fevereiro de 2020. Outra novidade deste ano foi a mudança no nome da categoria, que antes era chamada de melhor filme em língua estrangeira.

"A vida invisível" tem chances?

Em um ótimo ano para o cinema brasileiro, "A vida invisível" pode muito bem ficar dentro da pré-seleção. O filme teve ótima recepção em festivais pelo mundo, notadamente conquistando o prêmio "Un certain regard" no Festival de Cannes. Em uma lista de apostas do site IndieWire, o filme não chega a entrar entre os dez selecionados, mas aparece no gurpo do que tem chance de garantir uma indicação.

E quem são os favoritos?

Vencedor da Palma de Ouro em Cannes, "Parasita" só faz crescer em expectativa: no Globo de Ouro, o filme de Bong Joon Ho abocanhou indicações de melhor diretor, melhor roteiro e melhor filme estrangeiro. No SAG, premiação do sindicato de atores em Hollywood, também foi louvado com uma indicação a melhor elenco. Por isso, o site "Vulture" imagina se o filme não poderia mesmo ganhar uma indicação na categoria de melhor filme.

Leia também: Kleber Mendonça Filho comenta indicação de "A Vida Invisível" ao Oscar

Outro competidor forte é "Dor e glória". Com a grife de Pedro Almodóvar, o filme estrelado por Antonio Banderas também foi bem nas indicações do Globo de Ouro , conquistando uma indicação de melhor filme estrangeiro e outra de melhor ator de drama para Banderas.