Tamanho do texto

Decisão foi publicada no Diário Oficial desta segunda-feira (04). Proença apoiou Fernanda Montenegro após diretor da instituição criticá-la

O presidente da Presidente da Fundação Nacional de Artes (Funarte), Miguel Proença , foi exonerado do cargo. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira (04).

Leia também: Servidores da Funarte repudiam diretor que criticou Fernanda Montenegro

miguel proenca arrow-options
Reprodução/Ministério da Cidadania
Miguel Proença

Um dos pianistas brasileiros de maior renome internacional, ele estava na Funarte desde fevereiro deste ano. Antes de assumir a Funarte , ele atuava como diretor da Sala Cecília Meireles, no Rio de Janeiro. Natural de Quaraí (RS), Proença foi ainda diretor da Escola de Música Villa-Lobos, diretor artístico do Teatro do SESI-RS e secretário Municipal de Cultura do Rio de Janeiro. 

Em setembro, Proença teve seu nome envolvido em uma polêmica após o diretor da Funarte , Roberto Alvim, criticar a atriz Fernanda Montenegro . Ele a chamou de mentirosa e canalha após publicação de uma reportagem onde Fernanda fala sobre o teatro. Na ocasião, Miguel Proença  se disse "chocado"  com as declarações de Alvim. Ele ainda chegou a dizer que pediria uma audiência com Osmar terra, Ministro da Cidadania, para falar sobre o caso.