Tamanho do texto

Completando 90 anos, Fernanda Montenegro tem um histórico de pioneirismo ao disseminar oo cinema nacional pelo mundo

Em 1999 o Brasil inteiro parou para acompanhar o Oscar . A festa do cinema teve um gosto especial para o país daquele ano, já que “Central do Brasil” figurava entre os indicados a alguns dos principais prêmios da noite: Melhor Filme Estrangeiro e Melhor Atriz. Embora o primeiro impressionasse, era a presença de Fernanda Montenegro no segundo que gerava torcida.

fernanda recebendo um premio arrow-options
Divulgação/Rede Globo/Companhia das Letras
Fernanda Montenegro

A atriz, que nesta quarta-feira (16) completa 90 anos, foi a única atriz brasileira a ser indicada ao Oscar. O mesmo filme ainda rendeu outros louros para Fernanda Montenegro , como o Urso de Prata no Festival de Berlim, mas foi o ineditismo no Oscar que aumentou a celebração em torna da atriz.

Leia também: Ofensa de diretor da Funarte a Fernanda Montenegro indigna classe artística

Ela acabou perdendo para Gwyneth Paltrow, resultado até hoje criticado pelo público brasileiro. Ainda assim, o prestígio e referência da indicação tornaram Fernanda uma atriz expressiva em competições internacionais, como o Emmy.

Por isso, listamos os principais prêmios internacionais aos quais a estrela brasileira foi indicada:

  • Globo de Ouro
central do brasil arrow-options
Divulgação/Imdb
"Central do Brasil"

O Oscar não foi a única premiação americana onde Fernanda competiu. Naquele mesmo ano, a imprensa internacional de Hollywood a incluiu entre as melhores Atrizes de Drama.

  • Emmy Internacional

O Brasil já recebeu diversas indicações ao prêmio na categoria Melhor Atriz, mas Fernanda foi a única a vencer. Ela recebeu o troféu em 2015 pelo especial “Doce de Mãe”.

  • Tribeca Film Festival
doce de mae arrow-options
Divulgação/Rede Globo/Companhia das Letras
Fernanda Montenegro

O hoje tradicional festival de Nova York co-criado por Robert DeNiro já contou com algumas participações brasileiras. Em 2004, com apenas dois anos de existência, Fernanda levou o prêmio de melhor Atriz por “O Outro Lado da Rua”.

Leia também: Fernanda Montenegro emociona no "Encontro": "Não se pode proibir livros"

  • Festival de Cinema de Moscou

Ainda jovem, nos anos 1970, Fernanda recebeu uma de suas primeiras vitórias no cinema. No Festival de Moscou, ela foi coroada melhor atriz por “Em Família”

  • National Board of Review 
fernanda montenegro arrow-options
Divulgação
Fernanda Montenegro

A organização dos críticos americanos também seleciona, anualmente, os melhores do cinema no ano e, assim como no Oscar, dão preferência para atrizes americanas. Ainda assim, Fernanda quebrou barreiras e se tornou a primeira brasileira a ganhar a honraria. Outros nomes que já levaram o prêmio incluem Meryl Streep por “A Escolha de Sofia” e Whoopi Goldberg por “A Cor Púrpura”. A última a receber a premiação foi Lady gaga por “Nasce Uma Estrela”.

  • Festival de Havana

O festival cubano de cinema seleciona filmes latinos e com temáticas latino-americanas. Entre os filmes nacionais que já ganharam o prêmio principal, o Grand Coral, estão “Cidade de Deus” e “O Céu de Suely”. Mas foi Fernanda a escolhida como melhor atriz em 1998, também por “Central do Brasil”.

  • Condecorações
Fernanda Montenegro arrow-options
Divulgação/Rede Globo/Companhia das Letras
Fernanda Montenegro

Além de papeis específicos, a atriz já recebeu algumas comendas por sua contribuição à cultura. Entre elas, a Medalha de Mérito Cultural, concedida pelo Governo de Portugal.

A essas honrarias, se somam inúmeros prêmios nacionais, desde o Troféu Imprensa, passando pelo Prêmio Shell de Teatro do Rio e o Troféu Candango do Festival de Brasília. Curiosamente, Fernanda Montenegro só ganhou um dos principais prêmios do cinema nacional, o Kikito do Festival de Gramado, pelo conjunto de sua obra.

O que está por vir

cena de a vida invisivel de euridice gusmao arrow-options
Divulgação/Pedro Machado
"A vida invisível de Eurídice Gusmão"

Os 90 anos não são um sinal de que a estrela brasileira vai diminuir o ritmo. Pelo contrário, hoje ela é mais relevante do que nunca, sendo uma liderança na defesa do cinema nacional.

Além disso, continua produzindo no cinema, TV e teatro. Este ano, ela fez uma participação na primeira fase de “A Dona do Pedaço”, foi premiada com o resto do elenco de “A Vida Invisível de Eurídice Gusmão” em Cannes, leu Nelson Rodrigues no teatro e tem outros três títulos para estrear nas telonas, além de lançar sua biografia: "Prólogo, Ato, Epílogo". Que venham mais prêmios para Fernanda Montenegro .