Tamanho do texto

"The Irishman", de Martin Scorsese, reúne Robert De Niro, Al Pacino e Joe Pesci, atores que estrelaram épicos contos de gângsteres americanos

Pela primeira vez em seus 56 anos de história, o  New York Film Festival  será aberto com um filme de Martin Scorsese , anunciaram nesta segunda-feira os seus organizadores. Produção da Netflix, " The Irishman " , o novo projeto do diretor, terá a sua estreia mundial no festival, cuja 57ª edição acontece entre 27 de setembro a 13 de outubro.

Leia também: Conheça 20 diretoras que vão abalar o cinema em 2019

The Irishman arrow-options
Divulgação/Netflix
"The Irishman" é filme da Netflix dirigido por Martin Scorsese


Com o filme, o cineasta de Nova York retorna ao tema do crime, reunindo três atores que estrelaram épicos contos de gângsteres americanos:Robert De Niro , Al Pacino e Joe Pesci .

Baseado no livro de não-ficção de Charles Brandt "I heard you paint houses", o longa tem De Niro como o sindicalista Frank Sheeran, que trabalhou ao lado do célebre Jimmy Hoffa (Pacino), liderança que desapareceu em 1975 em circunstância misteriosas e foi declarado morto à revelia em 1982. Pesci interpreta o chefe da máfia Russell Bufalino. Efeitos especiais ajudaram De Niro a rejuvenescer em cena, já que ele interpreta Sheeran ao longo de várias décadas.

Leia também: Com relevância contestada, Cannes ainda é vitrine essencial para cinema

"Eu admiro muito as seleções ousadas e visionárias que o festival apresenta ao público ano após ano”" disse Scorsese em um comunicado. "O festival é fundamental para trazer a consciência ao cinema de todo o mundo." Primeiro drama de grande orçamento que o diretor faz para a Netflix , "The Irishman" irá para o streaming e para salas de cinemas selecionadas por volta de setembro. Ele já é um dos principais candidatos à temporada do Oscar .

Tem havido muito debate sobre o quão amplo será o lançamento do filme. Scorsese supostamente quer que seja visto no maior número de telas possível, mas a Netflix gosta que seus filmes sejam exibidos em seu serviço de streaming poucas semanas após a estréia no cinema, algo que enfurece as principais redes de cinema, como a AMC e a Regal, que se recusam a exibi-las.

Leia também: Brasil vira foco estratégico da Netflix que desafia Globoplay a crescer

Esta é a nona vez que Robert De Niro trabalha com Scorsese e a primeira vez em que Pacino é dirigido pelo cineasta. Além de Joe Pesci, o elenco também inclui Harvey Keitel — os dois são colaboradores de longa data do Scorsese. Bobby Cannavale, Anna Paquin e Ray Romano também participam do filme.

De Niro e Pesci trabalharam pela última vez com Scorsese em "Casino", de 1995, e a última colaboração de Keitel com o diretor foi "A última tentação de Cristo", de 1987.