Tamanho do texto

Maisa vai estrelar três produções e Larissa Manoela vai protagonizar "Modo Avião". A plataforma também tem projetos com Ziraldo, Wagner Moura, Fábio Porchat e Thalita Rebouças – ao todo serão 30 novas produções

A Netflix quer aumentar o ramo de produções originais no Brasil e contará com 30 novos títulos nos próximos dois anos. Entre as principais apostas da plataforma de streaming estão Maisa Silva, Larissa Manoela e Fábio Porchat. A empresa também tem um projeto em parceria com a escritora Thalita Rebouças e, para 2021, uma animação inspirada em “O menino maluquinho”, de Ziraldo.

Leia também: Netflix deve se unir a grandes estúdios em órgão de regulamentação do cinema

Netflix
Divulgação
Netflix anuncia que terá 30 produções brasileiras nos próximos


“O Brasil tem talentos extraordinários e uma longa tradição em contar grandes histórias. É por este motivo que estamos animados em aumentar nosso investimento na comunidade criativa brasileira. Esses 30 projetos, em vários estágios de produção em diferentes locais espalhados pelo país, serão feitos no Brasil e consumidos pelo mundo”, disse Ted Sarandos, Chief Content Officer da Netflix .

Após estrelar “Cinderela Pop” e “Tudo Por um Pop Star”, Maisa Silva irá mais uma vez usar seus talentos como atriz em três produções originais cujos detalhes ainda não foram divulgados. Já Larissa Manoela tem um projeto certo, o filme “Modo Avião”, escrito e dirigido por César Rodrigues (“Vai que Cola - O Filme”). O enredo gira em torno da jovem Ana, uma influenciadora digital que vai para uma fazenda onde fica totalmente desconectada.

Maisa
Divulgação
Maisa será a estrela de três produções da Netflix


Leia também: Vício em Netflix? Plataforma pode minar mais do que sua vida social

Todas essas produções buscam nitidamente agradar o público jovem. Outro projeto em andamento para o mesmo público-alvo é o filme “Quem Nunca?” – que marca a estreia da escritora Thalita Rebouças na Netflix. A produção contará a história de três adolescentes que fazem um pacto para permanecerem solteiras, mas reencontram seus ex-namorados em um acampamento e descobrem paixões inesperadas.

Outra novidade é que o filme “Sergio”, que será produzido e estrelado por Wagner Moura. Trata-se de uma cinebiografia que conta a vida e a trágica morte do carismático diplomata brasileiro na ONU Sérgio Vieira de Mello – que será interpretado pelo próprio Wagner. Quem também tem projetos em vista com a Netflix é o comediante Fábio Porchat que estrelará três filmes nos próximos anos.

Leia também: Disney pretende desbancar Netflix com novo serviço de streaming

Além disso, cinco séries originais já estão sendo filmadas no Brasil e outras já tem uma nova temporada confirmada, é o caso de “Samantha!”, criada por Felipe Braga, “O Mecanismo”, de José Padilha e Elena Soares, e “3%”, de Pedro Aguilera. As produções da Netflix estão sendo filmadas em todo país, indo do Rio de Janeiro a São Paulo, de Curitiba (PR) a Porto Alegre (RS) e Cimbres (PE) ao estado de Tocantins.