Tamanho do texto

Depois de uma pessoa ser diagnosticada na Índia com vício em Netflix, listamos alguns sintomas de que você pode estar viciado na plataforma

Recentemente um indiano de 26 anos, que não teve sua identidade registrada, procurou o Instituto Nacional de Saúde Mental e Neurociências da Índia alegando ter vício em Netflix. Segundo o The Hindu , ele disse assistir a mais de sete horas de conteúdo diariamente, a fim de fugir da realidade e da pressão familiar para que consiga um emprego e ajude com as despesas de casa.

Leia também: À vontade com status de "viciados", jovens de hoje assistem cada vez mais séries

Jovem indiano foi diagnosticado com vício em Netflix
Divulgação
Jovem indiano foi diagnosticado com vício em Netflix

Apesar de esse ser o primeiro caso de vício em Netflix registrado oficialmente, outras pessoas também podem estar sofrendo com esse problema. Ficou preocupado? Então veja os sinais que te fazem um viciado nessa plataforma de streaming.

Leia também: Listamos as mais hypadas produções originais da Netflix nos próximos meses

Modo zumbi

via GIPHY

Um dos principais sintomas de quem vive esse vício é o modo zumbi, ou seja, passar noites em claras só para não perder nenhuma cena daquela série ou filme. A resistência ao sono é grande, mas as vezes é normal adormecer ali mesmo na sala, sentado, ou com o notebook no colo.

Adeus projeto verão

via GIPHY

Projeto verão que nada, a compulsão por Netflix vem sempre acompanhada de boas guloseimas, que ajudam a manter acordado e deixam a sessão ainda mais prazerosa. 

Caverna do Batman

via GIPHY

Se trancar no quarto ou em qualquer outro cômodo da casa só para se concentrar nos títulos, também um dos sintomas predominante.

Forever alone

via GIPHY

Passeios em família e com amigos aos finais de semana? Jamais. Antes só do que com as séries atrasadas.

Eclético

via GIPHY

A dependência pela plataforma de streaming faz com que a opção "minha lista" esteja sempre cheia de diversos títulos, que deverão ser assistidos o mais rápido possível.

Check list

via GIPHY

A busca por novas produções também são frequentes, afinal, a "minha lista" tem que estar sempre atualizada.

Sofrência

via GIPHY

Maratonar as produções em um só dia é bom, mas acabar todos os episódios traz como consequência o modo sofrência. Vale ressaltar que normalmente cada capítulo vem acompanhado de stress, afinal, os personagens sempre dão aquele jeitinho de tirar do sério.

Xô spoiler

via GIPHY

Tem gente que perde a amizade, mas não pega spoiler do filme ou da série. O importante é sofrer sozinho até a última cena tentando descobrir o futuro da produção.

Leia também: Séries teen, Adam Sandler e volta de "Demolidor" na Netflix em outubro

Adeus créditos

via GIPHY

Ir para a escola, faculdade ou trabalho já não significa mais ficar sem assistir. O vício em Netflix é tanto que vale acabar com o pacote dados, ou até mesmo com a memória do celular. O que não vale é deixar de ver o desenrolar das histórias.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.