Tamanho do texto

O novo presidente da HBO falou que "os spin-offs de 'GoT' podem não ser uma boa ideia". A oitava e última temporada da série estreia dia 14 de abril.

Na última segunda-feira (4), a WarnerMedia , empresa que administra a emissora norte-americana HBO, passou a ter um novo presidente: Bob Greenblatt – executivo que antes era chefe na NBC. Em sua primeira entrevista como presidente da WarnerMedia , Greenblatt decidiu abrir o jogo para os fãs de “Game of Thrones”.

Leia também: O inverno está chegando! “Game of Thrones” divulga trailer da temporada final

Divulgação
"Game of Thrones": Novo chefe da HBO fala sobre o futuro da série

Durante entrevista ao The Wrap , Greenblatt disse não ter tanta confiança no plano de Richard Plepler, seu antecessor, para continuar o legado da série “ Game of Thrones ” com spin-offs. Mesmo com cinco roteiros sendo desenvolvidos e um piloto que já foi encomendado, o executivo não garante que esses episódios irão ao ar.

"Eu acho que descobrir uma maneira de sustentar a série ou histórias passadas no mundo de 'GoT' para o futuro é uma boa ideia – mas só faz sentido criativamente se todos estiverem à bordo", disse o novo presidente da WarnerMedia em entrevista ao TheWrap nessa segunda-feira (4). "Até porque a última coisa que você quer fazer é lançar um spin-off ou dois e eles não ficarem à altura da série original. Isso seria um enorme fracasso”, ele continuou.

Leia também: "É incrivelmente emocional", diz produtor sobre último ano de "Game of Thrones"

“Se pudermos, com certeza faz sentido tentar sustentar a série para o futuro, mas eu não sei se podemos fazer dois (ou cinco) spin-offs”, explicou sobre o destino da série. “Na verdade, eu nem tenho certeza se podemos fazer um. Eu ainda não sei e eu gostaria de saber.”

Bob Greenblatt ainda falou que é normal as séries chegarem ao fim e explicou como a emissora deve se portar diante disso: "Toda emissora passa por momentos como esse, em que algumas séries chegam a um ponto em que estão prestes a acabar. Então, o desafio é reabastecer a emissora e é sempre um desafio excitante”.

"Se eu gostaria de ter mais quatro anos da série? É claro! Mas eu acho que está todo mundo animado para achar uma próxima série como ‘GoT’, ou talvez uma próxima 'Veep' (série que fala sobre uma senadora que é escolhida para ocupar o cargo de vice-presidente dos Estados Unidos da América)", completou.

Leia também: “Parece um filme de herói”, diz diretor sobre final de “Game of Thrones”

Até o momento os planos para “ Game of Thrones ” incluem a estreia da oitava e última temporada, em 14 de abril, o começo das filmagens do primeiro spin-off ainda em 2019 e com um possível lançamento em 2020.

    Leia tudo sobre: Game of Thrones
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.