Tamanho do texto

A artista estava em tratamento contra um um câncer e morreu devido a um quadro de insuficiência respiratória nesta quinta-feira (27); leia mais

A irmã de Chico Buarque, a cantora e compositora Miúcha, morreu nesta quinta-feira (27), no Hospital Samaritano, em Botafogo, no Rio de Janeiro, devido a um quadro de insuficiência respiratória. A informação foi confirmada pelo hospital em nota enviada ao iG Gente . A artista estava tratando de um câncer no pulmão quando precisou ser internada as pressas. 

Leia também: Luto! Confira os famosos que já nos deixaram em 2018

Irmã de Chico Buarque, cantora Miúcha, morre aos 81 anos
Divulgação
Irmã de Chico Buarque, cantora Miúcha, morre aos 81 anos


A morte da irmã de Chico Buarque teve repercussão entre diversos nomes famosos. A jornalista da Globo News, Leilane Neubarth, prestou sua homenagem a cantora no Twitter. "To muito riste...acabo de saber da morte da cantora Miúcha.... uma perda importante pra música brasileira. Conheci Miúcha pessoalmente, uma pessoa querida...#RIP", escreveu. 

A cantora Daniela Mercury compartilhou uma foto da artista juntamente com a legenda de despedida no Instagram. "Perdemos Miucha! A sua música faz parte da minha vida. #miucha #obrigada #homenagem #despedida #querida #adeus". Já a cantora Marina Lima escreveu em seu perfil no Twitter: "Miúcha... muita Luz", enquanto a autora Gloria Perez, prestou sua homenagem relembrando um dos clássicos da cantora ao lado de Tom Jobim e Vinicius de Moraes.

Leia também: Gil Gomes morre aos 78 anos vítima de um câncer

Quem foi a irmã de Chico Buarque

Irmã de Chico Buarque trabalhou ao lado de grandes nomes do MPB
Reprodução
Irmã de Chico Buarque trabalhou ao lado de grandes nomes do MPB

Miúcha, apelido de Heloisa Maria Buarque de Holanda, nasceu no Rio, e era filha do historiador e jornalista Sérgio Buarque de Holanda e da pintora e pianista Maria Amélia Cesário Alvim, ela era irmã de Chico, Ana de Hollanda e Cristina Buarque.

A artista foi casada com o compositor João Gilberto por oito anos, e o casal teve uma filha, a também cantora Bebel Gilberto. 

Entre os trabalhos mais marcantes como intérpretes estão dois discos com Tom Jobim, em 1977 e 1979, e um álbum solo, "Miúcha" em 1989. Já 1977, participou do musical "Os Saltimbancos". Em 40 anos de carreira, a artista lançou 14 álbuns. 

Leia também: Luto na arte e na mídia! Os famosos que morreram em 2018

A irmã de Chico Buarque ficou mais conhecida como intérprete, mas também compôs algumas músicas como Triste alegria  (1979), Todo amor (1980) e No Carnaval de Olinda (1982) - além de outros trabalhos ao lado de Toquinho, outro nome forte da MPB.