Tamanho do texto

O ano foi marcado por despedidas na TV. "The Americans" e "House of Cards" terminaram e "The Walking Dead" deu adeus ao seu protagonista

São tantas, mas tantas séries exibidas atualmente que uma ou duas listas não dariam conta. Para fazer justiça à qualidade - e a quantidade - do que está sendo produzido atualmente no mundo em matéria de entretenimento televisivo, o iG Gente elaborou três rankings nessa retrospectiva 2018.

Divulgação
"Dear White People, que em 2018 teve sua segunda temporada, é a mais viva encarnação de inteligência na TV americana

Além das melhores séries novas lançadas em 2018 e das melhores novidades da Netflix, preparamos uma seleção com aqueles programas que já estavam no ar e apresentaram ótimas temporadas fazendo valer alguma distinção em meio à produção cultural tão vasta e plural.

Despedidas e hiato              

2018 marcou o fim de “House of Cards”, que precisou se reinventar sem seu protagonista – Kevin Spacey teve seu contrato rescindido pela Netflix que fez com que o último ano de seu maior sucesso, que ajudou a erguer o império do entretenimento que ostenta hoje, focasse em Carrie (Robin Wright), ainda que continuasse sendo totalmente sobre Frank Underwood.

Quem também precisou aprender a dizer adeus foram os fãs de “The Walking Dead”, que viu seu protagonista Andrew Lincoln partir. A série, que volta para o fim de seu nono ano em fevereiro, busca a reinvenção.

Por falar em hiato, o ano de 2018 não teve “Game of Thrones”, que  depois de ser a 10ª colocada com a 7ª temporada em 2017 e a 1ª em 2016 na lista do iG Gente , marcará 2019 com sua temporada final. Qual será a posição no ranking do próximo ano?

As melhores séries de 2018

Keri Russell e Matthew Rhys em cena do último e elogiado ano de
Divulgação
Keri Russell e Matthew Rhys em cena do último e elogiado ano de "The Americans": o fim de uma era e um marco cultural na história da TV americana

Com encontro marcado em Westeros em 2019, outra despedida deu o tom de 2018. “The Americans”, que finalmente parece ter sido descoberta pelas premiações em seu sexto e último ano, fechou seu ciclo em grande estilo e ápice dramático. É um marco cultural e da chamada era de ouro da TV americana.

Produções como “Billions”, “Goliath” e “Better Call Saul”, dramas robustos que se assentam também sobre o universo jurídico e dilemas morais de seus personagens, apresentaram excelentes temporadas. Não à toa, as três tiveram novos anos confirmados para 2019.

O bom ano das comédias da Netflix

Três séries da Netflix, que figuraram entre os melhores lançamentos da plataforma em 2017, apresentaram excelentes segundas temporadas em 2018 e merecem a menção. São elas “Santa Clarita Diet”, que elevou a sátira suburbana com pitadas de gore a outro patamar, “Glow”, que deu ainda mais força e visibilidade à agenda feminista, sem perder a ternura, e “Dear White People”, que continuou franca e ácida no desmonte do racismo institucionalizado e cultural nos EUA.

Outras comédias, em um ano especialmente positivo para elas, se destacam entre as melhores séries do ano. “Insecure”, da HBO, e “The Marvelous Mrs. Maisel”, da Amazon, não poderiam faltar em qualquer ranking em retrospectiva 2018 que se preze.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.