Tamanho do texto

Dando sequência à retrospectiva 2018 do iG Gente, agora é a vez de destacar as melhores séries novas do ano. Tem comédia, drama, espionagem...

Com a ascensão do streaming é cada vez maior e mais diversificado o número de séries produzidas. Além das séries novas lançadas pela Netflix , o iG Gente selecionou as dez melhores novas séries da temporada nessa retrospectiva 2018.

As melhores séries novas de 2018
Montagem/divulgação
As melhores séries novas de 2018

Todas as listadas são exibidas no Brasil. São seis produções da TV paga e quatro de streaming. Há duas séries do Amazon Prime Video no ranking e outras três que a plataforma exibe com exclusividade no Brasil. O país, aliás, emplacou um programa nessa lista que compõe a retrospectiva 2018 .

10 – “Killing Eve”

Cena de
Divulgação
Cena de "Killing Eve"

Indicada ao Globo de Ouro de melhor série dramática e exibida no Brasil pelo Globoplay, “Killing Eve” é uma série sobre obsessões. Sandra Oh (“Grey´s Anatomy”) faz essa agente do MI5 um tanto entediada com seu serviço burocrático que começa a perseguir uma talentosa assassina.

A ideia de colocar uma mulher, no caso a britânica Jodie Comer como uma psicopata sofisticada vai contra todas as convenções de gênero e se prova acertadíssima. O jogo de gato e rato que se estabelece entre as duas é pura coqueluche.

Baseado na série de romances “Codename Villanelle”, “Killing Eve” tem tensão, humor e duas ótimas atrizes em uma trama bem acima da média.

9- “Desnude”

Cena de
Reprodução/GNT
Cena de "Desnude", a única brasileira na lista

Produzida pela Conspiração Filmes e exibida pelo GNT, “Desnude” foi idealizado por Carolina Jabor e Anne Guimarães com o objetivo de oferecer um olhar mais inteiro e feminino à sexualidade das mulheres. Ao longo dos dez episódios que compõem a primeira temporada a libido feminina ganha o protagonismo em históricas curtas e independentes que juntas formam um painel original e dos mais interessantes.

Laura Neiva, Rafaella Mandelli, Cláudia Ohana, Isabel Fillardis, Luciana Paes, Pathy Dejesus, Maria Luisa Mendonça e Paula Bulamarqui foram algumas das protagonistas dessas histórias. A despeito da natural irregularidade – há tramas melhores do que outras – “Desnude” triunfa por iluminar com rara inventividade e liberdade a sexualidade feminina, mais vasta, inexplorada e fascinante do que a dos homens.

8 – “Pose”

Divulgação
"Pose", a oitava melhor série lançada em 2018

Mais recente criação de Ryan Murphy, “Pose”, indicada ao Globo de Ouro 2019 como melhor série dramática, se notabiliza por ser a produção televisiva com maior elenco transgênero em todos os tempos. A série se destaca, todavia, por ir além da pauta inclusiva e oferecer um drama de primeira grandeza ao adentrar as cenas underground dos anos 80 e apresentar um olhar cheio de afeto e propriedade sobre essa fração da comunidade LGBT ainda mais marginalizada. A produção do FX, destaque nesta retrospectiva 2018, é exibida no Brasil pelo Fox Premium.

7 – The Looming Tower

Cena de
Divulgação
Cena de "The Looming Tower", que está no ranking das melhores séries novas de 2018 do iG Gente

Essa produção original do Hulu, exibida no Brasil pelo Amazon Prime Video , mostra com impressionante esmero e detalhismo a como a rivalidade entre a CIA e o FBI pode ter contribuído para os atentados terroristas de 11 de setembro de 2001.

Jeff Daniels, Peter Sarsgaard, Tahar Rahim, Michael Stuhlbarg e Alec Baldwin são os principais créditos de um elenco forte e bem adornado. “The Looming Tower” é uma produção inteligente e indicada principalmente para quem aprecia uma boa teoria conspiratória e tramas de espionagem.

6 – The Romanoffs

Cena de The Romanoffs, uma das melhores séries novas de 2018
Divulgação
Cena de The Romanoffs, uma das melhores séries novas de 2018

Antologia assinada pelo criador de “Mad Men”, essa produção do Amazon Prime Video é o grande biscoito fino da temporada. Ao longo de seus oito episódios, a série oferece um olhar cheio de malícia para pessoas que acreditam serem descendentes da família real russa.

Os episódios são independentes e têm duração de um longa-metragem e seguem ritmos e tons bem particulares. Um pode soar como um Woody Allen dos anos 90, enquanto outro pode lembrar um filme de Robert Altman. Fato é que Matthew Weiner, a exemplo do que fizera com sua criação mais famosa, explora muito bem questões intrínsecas ao ser humano, mas com uma paleta cultural mais ampla já que as histórias acontecem em diversos pontos do globo e contam com um elenco com figuras como Diane Lane, Isabelle Huppert, entre outros.

5 – Jack Ryan                                         

John Krasinski: personificação definitiva de Jack Ryan?
Divulgação
John Krasinski: personificação definitiva de Jack Ryan?

Mais uma série com mote de espionagem na lista, “Jack Ryan” é outra produção do Amazon Prime Video a figurar na lista. O personagem criado por Tom Clancy agora ganha as formas de John Krasinski que se sai muito bem na tarefa que já foi de Alec Baldwin, Harrison Ford, Ben Affleck e Chris Pine.

A série recebe bem a complexidade do Oriente Médio e faz uma história de origem completamente nova e bem adensada. A ação ganha escala global, mas os conflitos do agente da CIA que de repente se vê fazendo missões de campo estão sempre em primeiro plano.

Leia também: Superprodução da Amazon, "Jack Ryan" refunda bases para boas séries de ação

4 – Segurança em Jogo

Divulgação
"Segurança em Jogo"

Série mais assistida em todos os tempos na Inglaterra, essa produção da BBC, exibida no Brasil pela Netflix, parte de uma premissa básica. Um ex-militar com sérias reservas ao programa de combate ao terrorismo do governo é destacado para a segurança da ministra do interior, responsável por esse programa.

“Segurança em Jogo”, no entanto, se destaca porque evita o óbvio sempre que pode, ainda que trabalhe muito bem os clichês que tem a disposição. Além da execução brilhante, a série de reinventa na metade da temporada – são seis episódios – e investe no clima de paranoia para não deixar o espectador desligar. Uma das melhores maratonas do ano!

3 – Barry                       

Cena de
Divulgação
Cena de "Barry", uma das gratas surpresas de 2018 na TV americana

Essa comédia subversiva flagra um ex-fuzileiro naval solitário que trabalha como assassino de aluguel. Quando aceita um serviço em Los Angeles ele acaba por acidente em uma aula de teatro e se vê às voltas com o desejo de se expressar como ator.

A série é um deleite, das ótimas sacadas e analogias com a fogueira de vaidades hollywoodiana aos insights mais primorosos da fragilidade humana, “Barry” cativo pela inteligência e pela maneira criativa com que aventa os conflitos do personagem principal, brilhantemente defendido por Bill Hader. A produção da HBO, já renovada para a 2ª temporada, também está indicada ao Globo de Ouro 2019 na categoria de melhor série de comédia.

2 – Dietland

Cena de
Divulgação
Cena de "Dietland", exibida no Brasil pelo Amazon Prime Video

A série do AMC abarca a agenda feminista de um ângulo inusitado e para lá de inteligente. Crítica, com um humor subversivo e frequentemente sombrio, “Dietland”, adaptada do livro homônimo, tem uma das melhores protagonistas da TV atual, Alice Kettle vivida pela ótima Joy Nash.

Alice, chamada por todos de Ameixa, é uma mulher que já de tudo e mais um pouco para conseguir o corpo dos seus sonhos e trabalha respondendo as cartas de uma poderosa editora de revistas femininas – um daqueles saborosos papeis que surgem só uma vez na vida e que Julianna Margulies abraça com gosto.

“Dietland” se assevera como um olhar ácido e cheio de problematizações para a maneira como a nossa cultura vê e trata as mulheres. Terrorismo, feminismo e mídia são facetas em uma história francamente surpreendente e dolorosamente impactante.

1 – McMafia

McMafia é a melhor série nova de 2018
Divulgação
McMafia é a melhor série nova de 2018

Mais uma produção britânica da BBC, no Brasil exibida pelo Amazon Prime Video, na lista. “McMafia” é tão boa quanto instigante. James Norton faz esse banqueiro russo radicado em Londres que sempre tentou fugir do passado – sua família que sempre teve conexões mafiosas foi escorraçada da Rússia por mafiosos mais graduados. Ocorre que ao ser tragado para esse universo, ele demonstra bastante talento.

Leia também: Museu Nacional, “Pantera Negra” e mais: os fatos marcantes da cultura em 2018

No topo do ranking das melhores séries novas de 2018, “McMafia” é mais uma adaptação de um livro e é indicada para quem gosta de thrillers financeiros, tramas mafiosas e para quem sente falta de “Breaking Bad”.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.