Tamanho do texto

Netflix e Warner Bros fecham acordo com o grupo satânico que entrou com um processo contra plágio em "O Mundo Sombrio de Sabrina"; veja detalhes

A Netflix entrou em acordo com o grupo Templo Satânico após ter sido denunciada por plagiar uma estátua que aparece na série “O Mundo Sombrio de Sabrina” , que estreou em outubro na plataforma.

Leia também:  Clássicos do Halloween voltam com nova roupagem em 2018

Netfliz foi acusado de plagio por uma estatua representada na série
Divulgação
Netfliz foi acusado de plagio por uma estatua representada na série "O Mundo Sombrio de Sabrina", que estreou no mês de outubro na plataforma. A empresa entrou em acordo com o grupo para evitar problemas na justiça


Segundo a imprensa americana, a Netflix e Warner Bros fecharam o acordo para evitar acusações de infração de direitos autorais, violação de marca registrada e danos empresariais chegassem à Justiça.

Leia também: "O Mundo Sombrio de Sabrina" dá embalagem modernosa à bruxaria e magia

No processo, o grupo exigia US$ 50 milhões por cada crime. Os valores pagos pelas empresas não foram revelados. Segundo a revista “Business Insider”, o Templo Satânico fez com que os ‘elementos da estátua de Baphomet’ sejam reconhecidos nos créditos dos episódios da série.

Igreja satanista afirma que
Reprodução
Igreja satanista afirma que "O Mundo Sombrio de Sabrina" fez uso de imagem de dividade sem autorização e fecha acordo com a Netflix e Warner Bros


O Templo também não deu detalhes sobre o acordo com as empresas e alegou estar sujeito a uma cláusula de confidencialidade. O grupo denunciou a Netflix no início de novembro em um tribunal de Nova York, dizendo que a produção copiou a estátua, um demônio representado como um macho de cabeça de bode.

Leia também: Igreja satanista ameaça processar Netflix por uso de imagem em "Sabrina"

Os satanistas também afirmaram que a série da Netflix foi apresentada como ponto central de uma escola associada com o mal e canibalismo. Já para eles, a estátua representa compaixão, empatia e luta pela justiça. “O Mundo Sombrio de Sabrina” conta a história de uma jovem feiticeira chamada Sabrina ( Kiernan Shipka) de uma forma diferente da que foi exibida  no ano 2003 nos Estados Unidos. Na nova série a jovem precisa conciliar o mundo mortal com o mundo mágico. A produção tem um toque mais obscuro e conta com uma generosa quantidade de humor.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.