Desde o último domingo (28), Lucien Graves, líder de uma igreja satanista, tem usado o Twitter para criticar a Netflix . De acordo com ele, a plataforma está fazendo o uso de uma das imagens do seu templo, em  " O Mundo Sombrio de Sabrina ", sem autorização.

Leia também: "O Mundo Sombrio de Sabrina" dá embalagem modernosa à bruxaria e magia

undefined
Divulgação
Igreja satanista acusa Netflix de usar imagem sem devida autorização em "O Mundo Sombrio de Sabrina"

A imagem em questão é a estátua de Baphomet, uma figura com cabeça de bode venerada pelos frequentadores da igreja satanista , que aparece em várias cenas da escola de magia de Sabrina (Kiernan Shipka).

Leia também: Clássicos do Halloween voltam com nova roupagem em 2018

Segundo Lucien, a estátua que aparece na série tem exatamente o mesmo design daquela que se encontra em seu templo em Detroit, nos EUA. Ele também garante que a seita possui os direitos autorais da imagem, o que pode gerar processo a plataforma de streaming.

"Sim, estamos tomando ações legais contra o roubo da nossa propriedade intelectual, protegida por direitos autorais, pela Netflix e sua série 'O Mundo Sombrio de Sabrina'. Eles não podem se apropriar do nosso design para promover o seu patético pânico satânico", declarou Graves no Twitter.

undefined
Reprodução
Igreja satanista afirma que "O Mundo Sombrio de Sabrina" está fazendo uso de imagem de dividade sem autorização e ameça processar a Netflix

Em outro momento, na mesma rede social, ele prosseguiu o desabafo: "Eu estou realmente impressionado com as pessoas me perguntando porque tomaríamos atitudes legais contra a Netflix. Vocês teriam a mesma atitude se uma obra de ficção usasse uma mesquita real como o quartel-general de uma organização terrorista?".

Em entrevista para os sites The Wrap e SFGate , ele disse que, até o momento, apenas pediu para seus advogados enviarem uma carta a plataforma pedindo a remoção das cenas da estátua.

Leia também: Listamos as mais hypadas produções originais da Netflix nos próximos meses

"A série é muito problemática para nós [satanistas], mas mesmo que não fosse, eu me veria na obrigação de tomar atitudes legais contra a Netflix. Nós temos os direitos autorais da estátua. Se não processarmos agora, ficamos fracos e expostos a roubos no futuro", observou o representante da igreja satanista .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários