Tamanho do texto

Os fãs de Lady Gaga, protagonista de "Nasce Uma Estrela" até tentaram reverter a situação, mas "Venom" conquistou a liderança nas bilheterias

O final de semana nos Estados Unidos foi marcado por duas grandes estreias nos cinemas, "Venom" e " Nasce Uma Estrela ". Apesar de ambos terem sido motivo de ansiedade para o público, o primeiro título desbancou o filme protagonizado por Lady Gaga .

Leia também: Roteiro e diálogos não ajudam, mas Tom Hardy faz valer o ingresso de “Venom”

Divulgação
"Venom" é recorde de bilheteria em estreia nos EUA

O primeiro longa solo do anti-herói da Marvel foi grande sucesso de bilheteria em sua estreia nas telonas norte-americanas.  " Venom " atingiu a marca de US$ 80 milhões nos cinemas, quase o dobro de "Nasce Uma Estrela" com US$ 42, 1 milhões.

Leia também: "Nasce uma Estrela" concilia dor, amor e música e tem protagonistas triunfantes

Divulgação
"Nasce uma Estrela" é desbancado por "Venom" em estreia nos EUA

No começo da última semana, por exemplo, os fãs de Lady Gaga passaram a usar o Twitter para fazer críticas negativas do filme da Marvel na intenção de consagrar o primeiro lugar nas bilheterias à popstar. No entanto, apesar de todo o esforço, o anti-herói desbancou a produção romântica.

O filme segue como o maior lançamento da história do país neste mês de outubro. O sucesso não se dá apenas nos EUA, considerando o resto do mundo a produção registra recorde para o mês somando US$ 205.2 milhões no total.

A estreia do anti-herói se sobressaiu inclusive sobre os demais filmes do universo de super-heróis como "Capitão América: O Primeiro Vingador" (2011), "Liga da Justiça" (2017) e "Mulher-Maravilha" (2017) na Coreia do Sul, país em que a nova atração mais arrecadou fora das terras americanas.

A trama de "Venom"

Cena de
Divulgação
Cena de "Venom"

Eddie Brock (Tom Hardy) é um jornalista que goza de relativo prestígio em São Francisco na Califórnia. Seu ímpeto de se levantar contra injustiças e malfeitos lhe deu alguma fama, mas certos problemas – entre eles a necessidade de deixar Nova York. 

Uma pauta sobre um magnata da área da ciência e tecnologia que pode estar cometendo crimes coloca Eddie em uma trilha desestabilizadora. Carlton Drake (Riz Ahmed) está promovendo experiências com simbiontes alienígenas e já dá para ter uma ideia de como Venom e Eddie se cruzam.

Leia também: Listamos os dez melhores momentos de Tom Hardy no cinema

Em " Venom " a interação entre o simbionte e seu hospedeiro humano é um dos acertos do filme. Ela respeita o espírito das HQs e tem na performance física de Hardy um bom catalisador, mas a ideia de que Brock consiga controlar tão rápida e descomplicadamente o espécime é um tanto contraproducente dramaticamente. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.