Tamanho do texto

Atriz, que acusou Harvey Weinstein de estupro, se voltou contra o movimento #MeeToo durante uma entrevista para o Sunday Times; confira

Um dos nomes mais associados com o #MeToo, Rose McGowan se voltou contra o movimento em entrevista ao Sunday Times , depois de ter acusado Harvey Weinstein de estupro.

Leia também: Rose McGowan dispara para Meryl Streep: "Seu silêncio é o problema"

Rose McGowan se volta contra o movimento #MeToo em entrevista ao Sunday Times
Reprodução/Instagram
Rose McGowan se volta contra o movimento #MeToo em entrevista ao Sunday Times


"Eu acho que eles [os membros do #MetToo] são uns cretinos", comentou Rose McGowan . "Eles não são campeões, são perdedores. Eu não gosto deles. Como você explica o fato de que ganhei um prêmio de 'homem do ano' da GQ, mas nenhum grupo de mulheres ou revista de mulheres me apoiou?", completou a atriz

A atriz ainda disse que não é contou que não é convidada para almoços e eventos do movimento. "Honestamente, eu nem quero ir. É tudo a m**** de uma mentira. É uma mentira que faz com que eles se sintam melhor", completou.

Para ela, é praticamente impossível que pessoas próximas de Weinstein, como Meryl Streep e Hillary Clinton, não soubessem de seu comportamento abusivo em relação a outras mulheres.

"Eu retiraria os meus anos de apoio [a Clinton] se pudesse. Eu a apoiei até mesmo contra Obama. Hoje em dia, se eu fosse concorrer a um cargo público, concorreria como republicana. Só para mexer com a cabeça das pessoas, só para f**** o sistema todo", disse ela.

Leia também: "O #Metoo nunca emplacaria no Brasil", diz modelo Aline Martins

"Os apoiadores de Donald Trump estão certos em uma coisa: eles desprezam Hollywood por ser um bando de liberais falsos. Eles são mesmo", continuou. "Eles todos vivem uma vida vazia de significado, e sabem disso. Essa é a punição deles. São infelizes."

Por fim, Rose McGowan disse que não pretende mais atual. Sua última aparição no cinemas foi no suspense independente "O Som", que foi lançado no ano passado.

Rose McGowan não comparece no "Globo de Ouro"

Rose McGowan
Reprodução
Rose McGowan


Leia também: Rose McGowan não comparece no "Globo de Ouro" e alfineta protesto: "Falsidade"

Rose McGowan alfinetou o protesto contra casos de assédio que dominou a cerimônia do Globo de Ouro 2018, realizada em janeiro deste ano. A desaprovação em relação às atrizes e atores que usaram preto no tapete vermelho como forma de protesto começou com um manifesto de Asia Argento no Twitter, que assim como Rose, foi vítima de abuso do ex-produtor. 


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.