Tamanho do texto

Os indicados a maior festa do cinema só serão conhecidos em 22 de janeiro, mas o iG Gente faz um exercício de futurologia e antecipa dez filmes que seguramente estarão entre os concorrentes no Oscar 2019

Estamos no início de outubro, os festivais de outono já terminaram e a corrida pelo Oscar vive aquele momento de ansiedade pré-largada. A disputa começar para valer no início de dezembro com as indicações para o Globo de Ouro, primeiro grande termômetro para o Oscar 2019.

Vivemos uma temporada que está provocando excitação nos críticos e na indústria com alguns filmes populares bem cotados para o prêmio e autores contumazes com trabalhos elogiados. Em meio a tantos aspirantes à maior festa do cinema, o iG Gente desbrava o cenário e aponta dez filmes que muito provavelmente figurarão no Oscar 2019 .

Leia também: Consagração de Gary Oldman, força feminina e drama gay: o que esperar do Oscar 2018?

“Nasce uma Estrela”

Bradley Cooper e Lady Gaga em cena de
Divulgação
Bradley Cooper e Lady Gaga em cena de "Nasce uma Estrela", forte candidato ao Oscar 2019

Com forças para chegar ao Oscar como a produção mais popular entre os indicados a melhor filme, “Nasce uma Estrela pode figurar nas cinco principais categorias do prêmio (filme, direção, roteiro, ator e atriz). Algo difícil de se conseguir especialmente em um primeiro filme, como é o caso de Cooper. Sam Mendes, por “Beleza Americana” foi o último a fazê-lo em 2000.

Trata-se da terceira refilmagem de uma produção de 1937 dirigida por William A. Wellman. Um cantor veterano alcoólatra e em decadência se apaixona por uma aspirante a cantora, cuja carreira ele passa a apoiar. A nova produção, já muito hypada, é estrelada por Bradley Cooper e Lady Gaga e estreia no Brasil na quinta-feira (11).

“Primeiro Homem”

Ryan Gosling em
Divulgação
Ryan Gosling em "Primeiro Homem", filme que certamente figurará no Oscar 2019

Novo filme do premiado e aclamado Damien Chazelle (“La La Land – Cantando Estações” e “Whiplash: Em Busca da Perfeição), “Primeiro Homem” conta a trajetória de Neil Armstrong, o primeiro homem a pisar na lua e, a partir das angústias e conflitos de seu protagonista (vivido por Ryan Gosling), ilumina essa importante conquista da humanidade.

Espere por múltiplas indicações. Além de filme, o longa deve ser lembrado em trilha sonora, Efeitos Especiais, roteiro, montagem, direção de arte e Gosling e Chazelle não podem ser descartados nas categorias de ator e direção respectivamente. A estreia no País está agendada para 18 de outubro.

“Querido Menino”

Cena de
Divulgação
Cena de "Querido Menino", filme deve ser um dos mais festejados da temporada de premiações

Indicado ao Oscar em 2018 por sua atuação no cult “Me Chame pelo seu Nome”, o franco-americano Timothée Chalamet deve voltar à disputa com “Querido Menino”, em que interpreta um garoto com problemas com drogas. Seus pais são vividos por Steve Carell e Maura Tierney. O filme marca a estreia do cineasta belga Felix Van Groeningen (“Alabama Monroe”) no cinema americano. Hit em Toronto, o longa deve colocar Chalamet e Carell na briga pelo Oscar 2019, mas pode ser lembrado também em roteiro adaptado. No Brasil, será lançado no começo do próximo ano.

Leia também: Oscar 2017: Dez tendências para a maior festa do cinema

“Pantera Negra”

Pantera Negra
Divulgação
Pantera Negra

Lançado antes mesmo da realização do Oscar 2018 e com arrecadação superior a US$ 1 bilhão,  “Pantera Negra” tem grandes chances de ser o primeiro filme de super-herói indicado à estatueta de melhor filme. Mesmo que não chegue lá, a produção seguramente estará na premiação com presença quase certa em categorias como canção, figurino , direção de arte e efeitos especiais.

“Roma”

Cena do filme
Divulgação
Cena do filme "Roma", vencedor do Leão de Ouro em Veneza

O filme que pode colocar a Netflix nas disputas principais do Oscar  2019 e marcar o retorno do cineasta Alfonso Cuarón à premiação logo por seu filme seguinte a “Gravidade” (2013). Rodado em preto e branco e falado em espanhol, “Roma” tem componentes autobiográficos e mostra a rotina de uma família de classe média no bairro da Cidade do México que batiza o filme a partir do ponto de vista da doméstica.

O longa, que deve ser lançado em dezembro pela plataforma em todo o mundo, deve ser lembrado nas categorias filme estrangeiro, direção, roteiro e fotografia.

“The Favourite”

Cena de The Favourite, que deve colocar suas atrizes na disputa pelo Oscar
Divulgação
Cena de The Favourite, que deve colocar suas atrizes na disputa pelo Oscar

O grego Yórgos Lánthimos (“O Lagosta” e “O Sacrifício do Cervo Sagrado”) faz uma crônica de costumes e política ácida da Inglaterra vitoriana nesse longa premiado em Veneza que traz grandes atrizes em grande forma.

Não se surpreenda se além da indicação a melhor atriz para Olivia Colman, que faz uma rainha insegura na Inglaterra do século XVIII, Emma Stone e Rachel Weisz, que fazem mulheres que gravitam sua intimidade com a agenda de defender seus próprios interesses, forem lembradas entre as coadjuvantes. Figurino, direção de arte, roteiro, direção e filme são possibilidades fortes para o longa-metragem que chega ao Brasil só em 2019.

“If Beale Street Could Talk”

Novo filme de Barry Jenkins é aposta quentíssima para o Oscar 2019
Divulgação
Novo filme de Barry Jenkins é aposta quentíssima para o Oscar 2019

O premiado e aclamado Barry Jenkins, que viu seu “Moonlight” surpreender meio mundo e ficar com o Oscar em 2017, deve voltar a disputa com seu novo filme, que aborda a questão racial nos EUA sob um novo prisma: uma história de amor e dor. Elogiadíssimo em Toronto, o longa deve ser lembrado em Filme, direção, roteiro, trilha sonora e fotografia. Ainda sem distribuição garantida no Brasil, o filme não tem previsão de estreia por aqui.

“Green Book”

Cena do filme
Divulgação
Cena do filme "Green Book", grande vencedor do Festival de Toronto

Outra produção que aborda o racism que chega forte neste ano é “Green Book”, vencedora do prêmio do público em Toronto. O longa foca na relação entre um pianista negro de sucesso na Nova York dos anos 60 e seu motorista branco e rude. O longa chama ainda mais atenção por ser de Peter Farrelly, mais conhecido por filmes como “Quem Vai Ficar com Mary?” (1998) e “Eu, Eu mesmo & Irene” (2000). O longa tem boas chances em ator, ator coadjuvante, filme, roteiro e figurino. Estreia no começo de 2019 no Brasil.

“Os Incríveis 2”

Cena de Os Incríveis 2
Divulgação
Cena de Os Incríveis 2

A sequência da Pixar, outra produção a ter rompido a barreira do bilhão de dólares nas bilheterias, é presença certa entre os indicados a melhor animação. Vale lembrar que o longa original, de 2004, venceu na categoria. O filme estreou no Brasil em junho.

“Boy Erased”

Lucas Hedges em cena de
Divulgação
Lucas Hedges em cena de "Boy Erased": chance de voltar ao Oscar

Indicado como coadjuvante em 2017 por “Manchester à Beira- Mar”, Lucas Hedges deve ter sua chance na categoria principal pelo papel do jovem gay submetido a uma terapia de conversão por seus pais, vividos por Russell Crowe e Nicole Kidman. O filme pode receber atenção, ainda, em outras categorias no Oscar 2019 como atriz coadjuvante e roteiro. O longa ainda não tem distribuição garantida no Brasil.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.