Tamanho do texto

Com Claire como presidente, última temporada de "House of Cards" "mostra o fim do reinado do homem branco de meia idade"; assista ao teaser oficial

A ansiedade dos fãs de "House of Cards" intensificou nesta quinta-feira (27) graças a Netflix , que divulgou o trailer da sexta e última temporada da série.

Leia também: Netflix divulga teaser de "House of Cards" com túmulo de Frank Underwood

Divulgado pela Netflix,trailer da sexta e última temporada de
Divulgação
Divulgado pela Netflix,trailer da sexta e última temporada de "House of Cards" mostra Claire (Robin Wright) como presidente dos EUA e o fim do reinado do homem branco de meia idade

Na nova temporada de " House of Cards ", que estreia na plataforma de streaming dia 2 de novembro, Claire Underwood (Robin Wright) retorna como presidente dos Estados Unidos após a morte de seu marido Frank (Kevin Spacey).

Leia também: Fotos de "House of Cards" revelam novos personagens e protagonismo de Claire

No teaser Claire deixa claro: "O reinado do homem branco de meia-idade acabou" e faz um discurso no seu 100º e difícil dia de governo como presidente do país. Assista ao trailer:

Além do protagonismo de Robin Wright, Doug Stamper (Michael Kelly) retorna a trama. Pela primeira vez Diane Lane e Greg Kinnear juntam-se ao elenco. 

O protagonismo de Robin Wright

Divulgação
"House of Cards", da Netflix, estreia sexta temporada com novos personagens

Para quem não lembra, a nova temporada sofreu grandes mudanças após Kevin Spacey ser acusado de assédio sexual. Na época, os episódios foram reescritos, mudando o foco para a personagem de Robin. Além de deixar a série, o ator também foi demitido da produção de "Todo o Dinheiro do Mundo".

Em meio a repercussão dos casos, o Emmy também cancelou uma homenagem que preparava para o ator e a produção da sexta temporada da série chegou a ser suspensa, enquanto a Netflix investigava as denúncias.

Com o personagem central fora da trama,  Wright ocupa o protagonismo no ano final da série, com Claire Underwood como a nova presidente dos EUA.

Leia também: Promotoria de Los Angeles não investigará Kevin Spacey, acusado de abuso sexual

Durante o Festival de Cannes de 2017, Robin comentou à revista digital  NET-A-PORTER , que haviam prometido um salário igual ao do ex-protagonista de " House of Cards ", Kevin Spacey. Sobre o assunto ela revelou: “Descobri recentemente que isso não é verdade”. Indignada, a norte-americana ainda alertou: “E isso é algo a ser investigado”.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.