Tamanho do texto

Atriz Viola Davis deu entrevista para o The New York Times e revelou que não sentiu que as vozes das empregadas domésticas foram ouvidas no filme

Em entrevista para The New York Times , a atriz Viola Davis afirmou que se arrependeu de ter atuado no filme “Histórias Cruzadas” .

Leia também: Viola Davis celebra papel libertador em filme que avança na representatividade

Viola Davis (dir) e Octavia Spencer (esq) em
Copyright The Walt Disney Company France
Viola Davis (dir) e Octavia Spencer (esq) em "Histórias Cruzadas"



Ao ser questionada sobre quais filmes ela afirmou que “Histórias Cruzadas” estava na lista: "Se eu já me arrependi de algum papel? Sim. Histórias Cruzadas está nesta lista. Senti que no final as vozes das empregadas não foram ouvidas", revelou Viola Davis

Viola Davis reconhece as histórias dos personagens em sua família: "Eu conheço Aibileen. Eu conheço Minny. Eles são minha avó. Eles são minha mãe. E eu sei que se você fizer um filme em que toda a premissa é: 'Eu quero saber como é trabalhar para pessoas brancas e para criar os filhos em 1963, eu quero ouvir como você realmente se sente sobre isso, 'nunca ouvi isso no decorrer do filme'”, contou a atriz.

Leia também:  Viola Davis se manifesta sobre assassinato de Marielle Franco: "Estou com vocês"

O filme “História Cruzadas” foi uma adaptação do romance de Kathryn Stockett e conta a história de Skeeter Phelan (Emma Stone) que quer publicar um livro sobre as empregadas negras que trabalhavam para famílias brancas.

Apesar do arrependimento, Davis conta o que ganhou com a experiência: “As amizades que formei são as que eu vou ter para o resto da minha vida. Eu tive uma ótima experiência com essas outras atrizes, que são seres humanos extraordinários", disse a atriz.

A atriz Viola Davis foi indicada ao Oscar por interpretar uma das empregadas domésticas, mas perdeu para Meryl Streep como Margaret Thatcher em “A Dama de Ferro”.

Viola Davis celebra papel libertador

Viola Davis
reprodução/variety
Viola Davis


O novo filme de Viola Davis, "As Viúvas”, representará importantes novidades para a atriz.Segundo o diretor do filme, Steve McQueen, a atriz achava que precisava usar algum tipo de peruca para interpretar a Veronica Rawlins. “O seu próprio cabelo é lindo - use-o dessa maneira", disse o diretor. 

Leia também: Viola Davis se compara a Meryl Streep e cobra: “Me paguem o que mereço”

Para Davis, a decisão de aparecer na tela em cabelos cacheados e curtos foi libertadora e representou uma importante declaração social. "Você sempre é ensinado como uma pessoa de cor a não gostar do seu cabelo", conta Viola Davis.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.