Tamanho do texto

Série de animação brasileira está prevista para estrear no fim de 2018

A primeira série em animação brasileira da Netflix, “Super Drags” , ainda nem estreou e já tem sido alvo de polêmicas.

Leia também: Nos EUA, Netflix já supera interesse por TVs aberta e paga

Atração da Netflix, dublada por Pabllo Vittar é repudiada por Sociedade Brasileira de Pediatria
Montagem: Reprodução
Atração da Netflix, dublada por Pabllo Vittar é repudiada por Sociedade Brasileira de Pediatria

A Sociedade Brasileira de Pediatria ( SBP ) emitiu uma nota de repúdio à produção da Netflix , solicitando seu cancelamento por considerar o seriado prejudicial ao público infantil.

Leia também: "Explicando" é o curinga da Netflix para aproximar interesses da audiência

No comunicado, a instituição ainda reitera seu respeito à diversidade sexual, mas aponta os perigos de utilizar uma linguagem "naturalmente considerada infantil para dialogar temáticas destinadas para o público adulto".

“A SBP respeita a diversidade e defende a liberdade de expressão e artística no país, no entanto, alerta para os riscos de exposição indevida, por meio de programas, como esse desenho animado, a imagens e conteúdos com menções diretas e/ou indiretas a situações de sexo, de violência, de emprego de linguagem imprópria ou de uso de drogas”.

Netflix responde a SBP

Super Drags é a primeira animação brasileira original da netflix
Reprodução
Super Drags é a primeira animação brasileira original da netflix

O comunicado gerou grande repercussão nas redes sociais. O assunto foi tão comentado que nesta quarta-feira (29) a plataforma de streaming resolveu se posicionar sobre o assunto utilizando poucas palavras e um vídeo humorado e, talvez, didático.

“Nem toda animação é para criança, nem toda drag é pistola como a Vedete. Mas ela tem um recado”, finalizou a empresa multinacional publicando um um vídeo em sua conta do Twitter. Na image, uma das personagens da animação, a drag queen Vedete (Silvetty Montilla) brinca que a série não é para crianças, e que "vai ter desenho de viado na Netflix sim".  Confira:


E agora?

Netflix aposta em drag queens brasileiras como dubladoras
Divulgação
Netflix aposta em drag queens brasileiras como dubladoras

Leia também: “Ozark” e “(Des)encanto” estão entre os destaques da Netfflix em agosto

Com estreia prevista ainda para este ano, a série da Netflix  “Super Drags”, vai retratar a vida de jovens meninos que se transformam em drag queens durante a noite para salvar o mundo. A produção conta com dubladores de peso, como Pabllo Vittar, Silvetty Montilla e Rapha Vélez.