Tamanho do texto

Após 12 anos de sucesso, produtores prometem um final "criativo e épico".

Os produtores de “The Big Bang Theory” anunciaram que a próxima temporada da produção será a última após 12 anos. O criador da série nerd , Chuck Lorre, e a Warner Bros e a CBS divulgaram um comunicado sobre o fim da comédia nerd.

Leia também: "Station 19": saiba o que esperar da série derivada de "Greys's Anatomy"

The Big Bang Theory
Reprodução/Instagram
The Big Bang Theory


"Nós, junto ao elenco, roteiristas e a equipe, somos extremamente agradecidos pelo sucesso do show. Queremos entregar um season finale, e série finale, que dará a ' The Big Bang Theory ' um final criativo e épico", diz o comunicado.

A 12ª temporada deve estrear no dia 24 de dezembro, nos Estados Unidos. A atriz Kaley Cuoco, intérprete de Penny, usou as redes sociais para falar sobre o fim da produção e agradecer aos fãs.

Leia também: Ator de "Glee" assume transsexualidade: "pronta para ser livre"

“Essa caminhada tem sido um sonho realizado e uma mudança de vida. Não importa quanto vá acabar, meu coração sempre estará despedaçado em duas partes. Afogando em lágrimas, nós prometemos levar a melhor temporada até agora.Para os fãs, equipe, familiares, Chuck Lorre [criador do projeto], Warner Bros., CBS e todos que nos apoiaram nos últimos anos. Vamos sair com uma explosão”, escreveu Couco em publicação no Instagram.

Sucesso de “The Big Bang Theory”

The Big Bang Theory
Reprodução/Instagram
The Big Bang Theory



Exibida pela emissora CBS desde 2007, “The Big Bang Theory” se tornou uma das séries de comédias mais populares dos Estados Unidos e faz sucesso em todo o mundo. Ela aborda a história acompanha um grupo de amigos nerds e sua vizinha, Penny (Cuoco), que muda muito a vidas dos cientistas.

A produção lançou nomes como Kaley Cuoco (Penny), Johnny Galecki (Leonard), Simon Helberg (Howard), Kunal Nayyar (Raj) e Jim Parsons. Pela interpretação de Sheldon Cooper, Jim Parsons ganhou um Globo de Ouro e quatro Emmys como melhor ator de série de comédia.

Leia também: Muito além de “La Casa de Papel”: confira outras séries espanholas da Netflix

De acordo com a revista “Variety”, os cinco atores ganhavam US$ 900 mil por cada episódio e teriam aceitada baixar o salário para que as atrizes coadjuvantes Mayim Bialike e Melissa Rauch recebessem mais do que US$ 500 mil. 

A ascensão dos salários refletiu na audiência. “The Big Bang Theory”  estreou com uma média de 7 milhões por episódio nos Estados Unidos, a série se provou um fenômeno na terceira temporada. E desde a sexta temporada,  a série nerd não sai da lista de três séries mais vistas do país.