Tamanho do texto

O fim da era Skywalker e nova trilogia e a visão dos criadores de "Game of Thrones" estão entre as novidades para Star Wars na próxima década

“Han Solo: Uma história Star Wars” já está nos cinemas e é hora de olhar para o futuro da saga no cinema. A Disney já tem muita coisa programada e muita coisa deve sofrer ajustes; uma vez que a performance do filme protagonizado por Alden Ehrenreich está abaixo do esperado nas bilheterias dos EUA e do mundo.

J.J Abrams orienta Daisy Ridley no set de
Divulgação
J.J Abrams orienta Daisy Ridley no set de "O Despertar da Força". Diretor está à frente do "Episódio IX"

Na última semana, a Lucasfilm confirmou que o próximo spin-off da série se concentrará no personagem Boba Fett, caçador de recompensas apresentado em “O Império Contra-Ataca” (1983). Sua história foi expandida em “ Star Wars : O Ataque dos Clones” (2002) e na animação “Guerra dos Clones”.

Leia também: Infantilizado e cheio de gargalos, "Han Solo: Uma História Star Wars" decepciona

A direção ficará a cargo de James Mangold (“Logan”), um dos diretores mais versáteis da Hollywood atual e um bom nome para conduzir uma trama com elementos de um faroeste clássico. O filme ainda não tem data de estreia, mas é possível que ocupe o calendário de 2020 dos lançamentos da Lucasfilm.

Boba Fett vai ganhar um filme só para ele
Divulgação
Boba Fett vai ganhar um filme só para ele

Ainda não anunciado oficialmente, outro spin-off em negociação na Lucasfilm é sobre o icônico Obi-Wan Kenobi . Há tratativas para que o ator Ewan McGregor, que viveu o personagem nos episódios I,II e III na década passada, retorne ao papel. O inglês Stephen Daldry (“Billy Elliot” e “O Leitor”) está cotado para dirigir.

Conclusão da trilogia

Em dezembro de 2019 chega aos cinemas o “Episódio IX”, escrito e dirigido por J.J Abrams, responsável pela retomada da franquia no cinema com “O Despertar da Força” (2015). Abrams substitui Colin Trevorrow (“Jurassic World”), que abandonou o projeto em setembro de 2017. Não se sabe nada ainda sobre o filme, a não ser o fato de que Leia (Carrie Fisher) não irá aparecer no longa. A confirmação veio da Disney após muita especulação sobre o uso do GCI após a morte da atriz.

Leia também: Novos blockbusters ensejam a dúvida: A fobia de spoilers chegou aos trailers?

Nova trilogia e visão dos autores de “Game of Thrones”

Riam Johnson orienta John Boyega e Oscar Isaac nos sets de
Divulgação
Riam Johnson orienta John Boyega e Oscar Isaac nos sets de "Os Últimos Jedi"

Rian Johnson pode ter deixado muitos fãs da saga insatisfeitos com “Os últimos Jedi”, mas a Disney está entusiasmada com sua visão para a série. Tanto o é que lhe confiou a missão de criar uma nova trilogia dentro do universo Star Wars, mas com personagens novos. Johnson, por razões óbvias, será o roteirista e diretor do primeiro longa desse novo ciclo. Ainda não há datas e maiores detalhes dessas produções que não devem chegar aos cinemas antes de 2021.

É para a próxima década também a nova série para o cinema ambientada no universo Star Wars dos criadores de “Game of Thrones”. D. B Weiss e David Benioff começam a trabalhar no projeto tão logo encerrem seus compromissos com a última temporada da série da HBO, que irá ao ar em 2019.

Sabe-se muito pouco a respeito desse projeto, mas Disney adiantou que esses filmes serão separados dos episódios envolvendo os Skywalkers e da trilogia desenvolvida por Rian Johnson.

Leia também: Dez motivos para os nerds se orgulharem nesta década 

Passado, futuro, presente? Cantos inexplorados da galáxia? Não dá pra saber, mas a opção pelos criadores de “Game of Thrones” sugere que a Dsiney pode estar de olho em uma série de filmes mais violenta, adulta e dramática. E este é um bom flanco para se abrir quando se projeta a expansão do universo Star Wars .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.