Uma empresa conduzindo experiências genéticas para as quais não tem autorização – e, portanto,  as fazendo no espaço – acaba precipitando uma situação inusitada em “Rampage: Destruição Total”. Após um acidente, o patógeno (organismo capaz de causar doenças em seu hospedeiro) adentra a atmosfera terreste e acaba sendo inalado por George, um gorila albino, que começa a crescer e a demonstrar um inesperado comportamento agressivo.

Leia também: Polanski contesta verdades absolutas no suspense "Baseado em Fatos Reais"

undefined
Divulgação
The Rock e Naomie Harris em cena de Rampage: Destruição Total

O primatólogo Davis Okoye (Dwayne “The Rock” Johnson), um tipo que se dá melhor com animais do que com humanos, se engaja na tentativa desesperada de entender o que está acontecendo com George, mas uma agência do governo – personalizada na figura de Jeffrey Dean Morgan – chega antes que seus esforços deem algum resultado. Mas “Rampage – Destruição Total” não tem apenas um gorila gigante.

Um lobo e um crocodilo também ingeriram o patógeno e crescem e desenvolvem mutações imprevisíveis se transformando em verdadeiras armas letais. O filme de Brad Peyton (“Terremoto – A Falha de San Andreas”) é, como entregam os trailers e a sinopse, um filme catástrofe na melhor vibe hollywoodiana. Do tipo que diverte com humor, situações impossíveis, animais fofinhos que se transformam em monstros aterradores e, claro, The Rock.

Leia também: Ela tem uma grande motivação para se opor a Thanos, diz Karen Gillan, a Nebulosa

O astro, que costuma ser infalível em filmes que se apoiam tanto em seu carisma como em seu potencial atlético, novamente comanda o show com muita categoria. Sua interação com George, um triunfo de efeitos especiais, é um dos pontos altos do filme.

undefined
Divulgação
Cartaz de Rampage: Destruição Total

Elenco de Rampage: Destruição Total

Apesar de The Rock e George estarem no centro do show, o longa tem bons coadjuvantes. Naomie Harris faz uma geneticista que ajuda Okoye justamente por ter contas a acertar com a empresa responsável pelas experiências que resultaram na tal situação caótica. É Malin Akerman, da série “Billions”, quem faz a malvadona e de maneira deliciosamente cínica. Jake Lacy faz o irmão borra-botas dela.

Joe Manganiello ("True Blood") faz um mercenário recrutado pela empresa para caçar o lobo gigante tão logo ele começa a fazer estragos, mas o grande destaque em termos de atuação fica mesmo por conta de Jeffrey Dean Morgan, forçando o sotaque texano e com ótimas frases feitas, o ator se diverte na pele desse caubói sitiado em uma agência do governo que rivaliza, sem deixar de respeitar, com Okoye.

Filmão sem medo de ser feliz

undefined
Divulgação
Cena de Rampage: Destruição Total

“Rampage: Destruição Total” está tão à vontade com sua condição de blockbuster que referencia outros filmes da Warner Bros , estúdio que o distribui , com graça e afeto. Com brincadeiras de  “Harry Potter” a “Liga da Justiça”,  e sem se levar a sério um minuto sequer, o longa é um prato cheio para os fãs da cultura pop em sua melhor forma.  Para curtir a pipoca sem medo!

    Veja Também

      Mostrar mais