Irmão Alan Patrick Zuccherato, padre José Inácio de Medeiros e padre Jonas de Pádua
Juan Ribeiro/Gustavo Cabral/TV Aparecida
Irmão Alan Patrick Zuccherato, padre José Inácio de Medeiros e padre Jonas de Pádua

1º de agosto é o dia de Santo Afonso Maria de Ligório, fundador da Congregação dos Missionários Redentoristas, que ocorreu em Nápoles, na Itália, em 1732. Dentro desse contexto, o  iG Gente  conta um pouco sobre o trabalho de alguns dos sacerdotes que atuam nas mídias da Rede Aparecida. 

Trata-se de um time de padres e irmãos muito bem preparados e talentosos. Entre outras atribuições religiosas e sociais na Pastoral do Santuário Nacional, eles — que chegaram à Aparecida em 1894 para atendimento dos peregrinos — administram e são apresentadores de programas.  A seguir, os principais trechos do bate-papo exclusivo!

TV Aparecida
Divulgação
TV Aparecida


TV Aparecida 

Irmão Alan Patrick Zuccherato
Juan Ribeiro/TV Aparecida
Irmão Alan Patrick Zuccherato

Irmão Alan Patrick Zuccherato  é redentorista e diretor de programação da  TV Aparecida, que está entre as 14 maiores redes de televisão do Brasil em abrangência e a oitava emissora de TV aberta mais vista na Praça Grande São Paulo. Apresentador do "Família dos Devotos" e do "Sábado no Santuário", relatou como concilia a vida religiosa com a de comunicador e corporativa do canal católico. 

"É um desafio diário, mas esta é a minha missão: servir a Deus, à Igreja, à congregação e ao povo de Deus, pelos meios de comunicação, das celebrações no Santuário Nacional e demais atividades. Para cada um, Deus dá os dons necessários, e sou muito feliz, agradecido, por estar nessa tarefa de evangelizar, sobretudo os fiéis de todo o país", começou dizendo.

Em seguida, ressaltou: "É importante e necessário celebrar a fé, a alegria da devoção e anunciar a palavra de Deus, não somente dentro dos templos, mas também por todos os outros meios disponíveis: TV, rádio e internet. Estes são os novos areópagos da evangelização". 

Depois, avaliou a rápida visibilidade da  TV Aparecida entre as principais emissoras, apesar de ter apenas dezessete anos: "Além das bênçãos de Deus e de Nossa Senhora para o nosso trabalho, a direção conta com profissionais que auxiliam diretamente na condução das tarefas, com dedicação e qualidade".

Sobre as pessoas que o ajudam nessa empreitada, salientou: "Formamos uma equipe que sabe da responsabilidade junto ao devoto e aos brasileiros, pois desejamos oferecer uma  programação que contemple o homem e a mulher integralmente nos seus aspectos comportamentais, espirituais, psíquicos e de cidadania para uma vida mais digna e plena". 

Rádio Aparecida 

Padre José Inácio de Medeiros
Juan Ribeiro/TV Aparecida
Padre José Inácio de Medeiros

Padre José Inácio de Medeiros, redentorista e diretor da Rádio Aparecida, falou sobre as mudanças do veículo — que neste ano completa 100 anos no Brasil — frente ao avanço da internet. 

"Contrariando o que se alardeou, o rádio não morreu e continua passando por um processo de renovação, que adquiriu um ganho significativo com as plataformas digitais, onde se destaca com imagem", explicou de início.

Aliás, frisou que "as redes sociais, especialmente o WhatsApp e o Facebook, que são mais adaptadas ao nosso público (45+), favoreceram a participação dos ouvintes, substituindo as cartas e os telefones, dando mais rapidez e agilidade ao atendimento, facilitando sua interação e até mesmo a produção de conteúdos como boletins e programetes".

Ele ainda deu os atuais e significativos números da rede de rádios de Aparecida: "Mais de noventa emissoras hoje integram a Rede Aparecida de Rádio, e nosso sinal chega com qualidade local a mais de 1.800 municípios brasileiros". 

Padre José Inácio também esclareceu como é a preparação dos redentoristas para atuar nas mídias em Aparecida: "Nas etapas de formação inicial, há um trabalho que se utiliza de teatro, leitura e interpretação de textos, música e outras atividades. No período final dos estudos, chamado de Juniorato, há o curso de comunicação que se faz junto ao SEPAC, mantido pelas Irmãs Paulinas". 

Em relação à fase citada anteriormente, revelou que é parte integrante dos estudos de Teologia. Além disso, durante esse processo, mencionou que os vocacionados são observados, e aqueles que apresentam dons, talentos e mais predisposição podem ser encaminhados à graduação após a ordenação sacerdotal. 

Internet (Portal A12) 

Padre Jonas de Pádua
Gustavo Cabral/TV Aparecida
Padre Jonas de Pádua

Já Padre Jonas de Pádua, diretor do Portal A12, destacou a escolha de se tornar redentorista e comunicador: "O que me atraiu foi a vida fraterna, missionária e criativa de ser evangelizado e evangelizar, haja vista as diversas formas de atuação que nosso Pai fundador, Santo Afonso, teve em seu tempo e que perpetuam até os nossos dias". 

Nesse aspecto, acentuou que "a missão perpassa pela comunicação, a fim de encontrar novos caminhos e atuais, para levar a palavra a partir da cultura. O trabalho junto aos devotos é encantador e motivador, pois eles, nossos interlocutores especiais, sentem-se amados, agradecidos e acolhidos por Nossa Senhora Aparecida". 

Sobre a interatividade de seu ofício com a evangelização, avaliou: "O maior desafio é traduzir, adaptar o tema da fé para esse tipo de linguagem, que tem vários modos de distribuição, tendo uma consciência tecnológica no modo de pensar, produzir e acessar. Além disso, é importante saber lidar com o contraditório e a liberdade do usuário, pois na internet produzimos conteúdos interativos mundialmente: cada um acessa o que quer no momento em que desejar".

Por fim, concluiu que é preciso focar a evangelização, para "que seja fonte e ponte de fé, e atrativa às pessoas, com maiores possibilidades de diálogo, liberdade, acolhida e inclusão", evidenciando a vontade de alcançar, assim, as comunidades humanas. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários