Mario Frias, Carlos Bolsonaro e Ingrid Guimarães
Reprodução/Instagram
Mario Frias, Carlos Bolsonaro e Ingrid Guimarães


Se levarmos em consideração o post que Mario Frias fez e no qual sai em defesa de  Carlos Bolsonaro numa treta virtual com  Ingrid Guimarães, a saúde do  ex-secretário especial de Cultura vai muito bem, obrigado.

Ele, que recebeu alta do Hospital Santa Lúcia, em Brasília, depois de sofrer um infarto agudo no último dia 4, não gostou nada de ver a ex-estrela da Globo culpando o "discurso de ódio de Bolsonaro" por assassinato de líder petista.

Não à toa, fez questão de endossar as palavras do  filho "02" do presidente, que, em linhas gerais, apontou que "esse é o perfeito reflexo do método doentio de tentar enganar inocentes utilizando-se da seletividade e da mentira. É muita saudade de alguma coisa".


Então o  ex-galã de "Malhação" manifestou-se por meio do Twitter: "Poderíamos considerar que Ingrid Guimarães sofreu algum tipo de amnésia, mas a verdade de tantos ataques sórdidos todos nós já sabemos. É muita saudade do dinheiro público".

O imbróglio, aliás, começou quando a  artista publicou que "a violência é incentivada nesse governo desde sempre", frisando: "Nas falas dele, dos filhos, dos secretários, no exibir das armas como troféu, na maneira como tratam as mulheres, as diferenças e se colocam por aqui. Não dá, gente. Simplesmente não dá".



    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários