Manuela D'Ávila e Netinho da Bahia
Reprodução/Instagram
Manuela D'Ávila e Netinho da Bahia


A ex-deputada federal Manuela D'Ávila, do PCdoB, fez uma publicação nas redes sociais em que afirma ter vencido mais uma demanda judicial. Desta vez, contra  Netinho, um dos maiores expoentes do axé nos anos 1990, que ficou conhecido pelos sucessos "Milla" e "Beijo na Boca".

O motivo? O compartilhamento de informação fraudulenta. "Netinho disse que não tinha publicado e agora vai ter que me indenizar. Não existe indenização para o que eles fazem com minha vida, mas ao menos há algum tipo de justiça. Cairão um por um", começou desabafando sobre os ataques que declara receber dos apoiadores do governo de Jair Bolsonaro (PL).


Em seguida,  a candidata a vice-presidente na chapa de Fernando Haddad (PT) nas eleições presidenciais de 2018 e à prefeitura de Porto Alegre no pleito de 2020 explicou que "essa vitória tem um gostinho especial", porque o  artista "alegou que os prints que havíamos apresentado ao juiz eram falsos e que a postagem nunca havia existido só porque a apagou".

Leia Também

Com a interação dos usuários do Twitter, a ex-parlamentar deixou subentendido que o território digital tem lei e que não há essa de "apagar" na internet. "Comprovamos a veracidade do post e ganhamos a ação", finalizou. 

Leia Também

Leia Também

Leia Também






    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários